.Moda de Subculturas - Moda e Cultura Alternativa.: O Barroco e a Moda Alternativa

26 de junho de 2010

O Barroco e a Moda Alternativa

Basicamente o Barroco foi a estética entre o Renascimento e o Rococó, durou mais ou menos entre 1600 e meados de 1700.
Quando aprendemos história da arte, aprendemos que a arte barroca é feita de luz e sombra. E sim, naquela época, morte e renascimento andavam juntas, ao mesmo tempo que havia a ascenção buguesa, a arte da época, influenciada pelo Luteranismo, reproduzia a vida em tons escuros e expressões melancólicas.

Entre as modas das épocas: medieval, renascentista, rococó e vitoriana, o barroco parece ser a que se vê com menos freqüencia na moda alternativa.
Como nas outras postagens sobre moda histórica, vou fazer um resumo da moda do período e depois mostrar um pouco de sua influência nas subculturas.

Essa época é considerada a evolução natural da Renascença. Ainda há a presença do rufo, que aos poucos vai abaixando e diminuindo, virando uma gola rendada; as mulheres ainda usam muitas roupas volumosas  e pesadas e os homens passam a ser ainda mais enfeitados.
No chamado Early Baroque, até 1627, tudo ainda era bem característico da Renascença:



Durante o período barroco, há gradativamente o desaparecimento dos rufos gigantescos e aparecem as golas e punhos elaboradas com rendas. A cintura masculina e a feminina sobem e ambos usavam sapatos com pequenos saltos que eram enfeitados com laços no peito do pé.

Os homens tinham cabelos abaixo dos ombros, usavam o rosto barbeado mas deixavam um bigode. As roupas masculinas eram muito enfeitadas: chapéus de abas largas e pluma, os cabelos longos e com grandes cachos, o uso de perucas a partir de 1660.  Os homens adotam um tipo de bermuda ampla que dava a impressão de ser uma saia, que era usada com meias de seda coloridas com grandes laços em renda na borda e com botas até o joelho. Gradativamente, o rufo dá lugar ao jabô (um babado de renda ou lenço preso ao peito ou ao pescoço). Usavam também um longo casaco até os joelhos.
Uma boa dica para identificar essa época é se lembrar da imagem dos Três Mosqueteiros.

Então, Luís XIV sobe ao trono da França,  de tão vaidoso, ele é considerado o  criador da primeira escola de moda do mundo. Quando o Rei estava ficando careca, adotou perucas, por isso a moda das mesmas, que eram peças de distinção social pois custavam fortunas. Ele também era baixinho e isso fez com que os sapatos masculinos tivessem saltos mais altos que os femininos. Luis XIV, é considerando o criador do luxo, do status e da sofisticação, entre as heranças que ele nos deixou estão: os perfumes, os sapatos de salto, a gastronomia, o champanhe, os salões de cabelereiro e os primeiros criadores de alta costura. Tudo isso era desejado pelas outras cortes européias e a França passa a ser então, o país lançador de moda, já que nessa época também foram criados os primeiros jornais de moda e a moda sazonal, ou seja, a moda que muda a cada estação. A partir daí, dá-se início ao Late Baroque, que se distancia do estilo renascentista e se aproxima do que virá a ser o estilo Rococó.


Luis XIV lançou a moda das perucas e do luxo:


O traje feminino tinha volume nos ombros e mangas  bufantes que terminavam abaixo do cotovelo, as golas eram caídas com bordas de renda. A roupa  era composta de: camisa de linho; espartilho com decote baixo e ombros expostos. O corpete era em formato V decorado desde o decote até a cintura;  manto;  saia aberta no meio deixando exposta uma anágua decorada com laços e fitas. Eram usadas  até oito anáguas, sustentadas pelo farthingale (aros de ferro que ampliavam e elevavam a saia); sapatos de salto. O cabelo era repartido ao meio possuia cachos até o ombro, só  por 1690, os cachos passaram a ser sob a testa. Usava-se também o fontage (imagem ao lado) uma espécie de chapéu estruturado com arame enfeitado com babados de gaze e rendas na vertical.
Quando Luis XIV subiu ao trono, fitas, bordados, babados, plumas foram ainda mais usadas. As mulheres também passaram a usar perucas como os homens ou mesmo erguiam seus cabelos com ajuda de arames.



O Barroco nas Subculturas:

Moças em trajes com referência barroca: decotes, mangas e adornos de cabeça.


As moças abaixo misturam estética barroca com ancas da era Rococó:

A moda japonesa sempre inovadora:
Um vestido inspirado no barroco; reparem na blusa da moça: jabô e manga com punhos super decorados!


O que dizer dos looks abaixo? 
Para mim, duas referências mais que perfeitas do barroco na moda japonesa!  Decote, manga, saia e sobre saia, rendas, babados...E super a ver com a subcultura que pede saias curtas.


Esses outros looks lolita, exploram as cores escuras do período:


Os rapazes também entendem de moda barroca! O homem reproduziu o look exato; o rapaz com um casaco preto barroco misturou épocas, pois a cartola é vitoriana. E o outro imitou até a afetação masculina da época, usando um leque.


Mais referências interessantes: 
A moça de vermelho ousou ao escolher tecido leve e o rapaz foi fiel à época. 
O segundo casal é interessante pois a mulher usou referências masculinas no look.


Moda barroca um estilizada. Afinal, as subculturas adoram inovar!


Até onde vai a criatividade subcultural? 
A liberdade criativa é empolgante.
Vide os looks abaixo: Quem imaginaria o Barroco e o SteamPunk misturados? 
Afinal o SteamPunk é essencialmente vitoriano.... ou melhor, era.


Mais postagens sobre história da moda no link Moda Histórica.
Leiam livros de Moda para mais informações e detalhes.
  • 3Blogger Comment
  • Google+ Comment
  • Facebook Comment
  • Disqus Comment

3 Comments

  1. Nossa! Amei o post!
    Principalmente as imagens do uso da moda barroca nas subculturas.
    Realmente, não se ve muito por aí a moda barroca adaptada às subculturas. Pelo menos, não aqui no Brasil.
    Adorei principalmente a idéia do Steampunk barroco. Eu até tinha lido uma vez, que na literatura steampunk tem algumas histórias também, que não são necessariamente na época vitoriana. Há algumas histórias que se passam na era medieval até, mas que contém elementos steampunk, como tecnologia avançada nessa época.
    Eu também gosto de fazer algumas manipulações no photoshop de vez em quando, e uso o deviantart pra pegar stocks e tal, outro dia mesmo eu peguei essa imagem que você postou pra fazer manipulação hehe:
    http://3.bp.blogspot.com/_7w771LFkrBg/TCV4-b1yngI/AAAAAAAAHqs/xoxc-pegsOE/s1600/1_500.jpg
    Mas ainda nem fiz nada :/
    Beijos
    Deze

    ResponderExcluir
  2. Adorei!A relação com a subcultura então ficou otima,alem da criatividade e adaptações das roupas em outros estilos.O lolita ficou uma graça.
    Sucesso no blog.

    ResponderExcluir
  3. Olá,Sana
    Adorei o post.
    Principalmente por ser relacionado a epocas tão desconhecidas.
    Muito legal mesmo porque muitas veses não sabemos que determinada peça é de tal época e atribuimos quase tudo a era vitoriana(até mesmo o stempunk).
    O blog sempre trazendo informações úteis.
    :)

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar! As respostas serão dadas aqui mesmo, então não esquece de clicar no botão "notifique-me" pra ser informada.

comments powered by Disqus

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover