.Moda de Subculturas - Moda e Cultura Alternativa.: O Rococó e a Moda Alternativa

1 de julho de 2010

O Rococó e a Moda Alternativa

Vimos um resumo da história da moda Rococó neste post. Agora vamos vê-la influenciando a moda alternativa.

Acho que a subcultura que atualmente mais explora a estética Rococó é a Lolita já que diversas marcas fazem peças no estilo para venda em grande quantidade. A moda lolita, após, creio eu, ter criado tudo que poderia ter sido criado explorando a estética vitoriana (que foi a que deu origem à estética da subcultura), decidiu se encontrar em outras fontes e o rococó acabou sendo uma das mais fortes e mais exploradas.

A Moda Lolita explora as cores claras do Rococó. Muitos babados em renda, laços, saia e sobre saia, sapatos delicados e estampas que remetem à natureza:


O exagero do rococó na moda japonesa: uma das bandas que mais exploram essa estética é a banda Versailles (nome super apropriado).


Outros exemplos do exagero:


Lembram da minha postagem sobre o xadrez? O xadrez não era um padrão de estampa usado na época rococó, mas a criatividade dos estilistas japoneses adaptou o tecido ao estilo rococó, com os babados e rendas  incluídos. Mais uma prova que o xadrez não pecisa ficar só limitado aos punks e deathrockers.


Recentemente a subcultura gótica também tem demostrado muito interesse por esse período, mas ao contrário do que acontece com a moda lolita, não se vêem peças prontas em lojas góticas, as peças parecem ser feitas sob encomenda para eventos ou fotos.
A subcultura gótica tem explorado a estética Rococó em seus picnics e bailes temáticos (à fantasia), em festivais como o WGT e em editoriais de revistas alternativas.

Imagens de góticos nas últimas edições do Picnic Vitoriano do WGT, os looks são ao estilo figurino, não é como na moda lolita que houve uma adaptação e atualização da moda da época para os dias atuais criando  peças usáveis no dia a dia. Os góticos gostam de tentar "reviver" dramáticamente o passado sendo fiéis à moda da época.


No casal abaixo, apenas o rapaz está vestido ao estilo Rococó, a moça está vestida como na Era Romântica do século XIX.


Este rapaz parece ser fã da época, nas fotos abaixo, ele veste três looks rococós diferentes:

Também há muita referência rococó em trabalhos de artistas alternativos como fotógrafos e artistas digitais.

Fotografia de Viona Ielegems:


Rococó SteamPunk: Vecona em look marrom e preto que reproduz bem o estilo rococó: decote quadrado, mangas com babados, laços, rendas, bochecha com  blush em formato redondo e  barco enfeitando o penteado. 
Na outra foto, a modelo veste um rococó steampunk conceitual: jabô, fraque e polainas enfeitada com laço - tudo do guarda roupa rococó masculino(com treferência também do estilo Império); saia bufante, cabelos armados e com adorno de animal e bochechas com blush em formato redondo.


  • 6Blogger Comment
  • Google+ Comment
  • Facebook Comment
  • Disqus Comment

6 Comments

  1. Adorei as adaptações!
    O que é legal nas subculturas é isso, a capacidade do pessoal adaptar roupas de outras épocas, e como não é difícil encontrar algumas coisas em lojas (como roupas inspiradas no rococó), as pessoas tem que procurar costureiras e tal.
    Apesar de ser caro, e dar um pouco de trabalho, eu acho que vale a pena, fica muito bonito, e é um visual que só você tem, por mais que você tente copiar um modelo, sempre sai um pouco diferente.
    E eu adorei todas as roupas que você postou, principalmente essa dourada e preta que lembra steampunk.
    Beijos
    Deze

    ResponderExcluir
  2. Olá,Sana!
    Já tinha visto algumas dessas fotos e realmente a subcultura gótica anda muito fiel aos tecidos da época,nunca prestei atenção no fato de as lolitas usarem peças com modelagens da época, já que elas vivem aperfeiçoando tudo ao gosto delas e isso acabam passando despercebidos.Mas é o caso dos decotes quadrados,dos laços e rendas...(antes dessas ultimas postagens,se eu visse a foto e me perguntassem de que época era a referência eu diria Vitoriana)
    Agora eu sei a diferença.
    :)

    ResponderExcluir
  3. @DEZE:
    Nunca sai igual mesmo! Quando eu reproduzo alguma peça, por conta do tecido ser diferente e da dúvida se consegui fazer a modelagem correta, sempre algo sai diferente, mas a vantagm é que às vezes sai até melhor que a imagem de referência. Mas vale a pena pagar po uma peça única e bem feita sim!
    ^^


    @SIRIUS:
    A estética da subcultura lolita foi criada a partir da estética vitoriana, mas de alguns anos pra cá, o estilo rococó tem influênciado tanto quanto o estilo vitoriano.
    P/ se lembar fácil do estilo vitoriano, é só lembrar que a postura era rígida, os corset eram sempre muito apertados e apenas o rosto e as mãos dos homens e das mulheres ficavam expostos, tudo era muito sério e pudico.
    ^^

    ResponderExcluir
  4. Eu sempre penso em como adaptar esses visuais históricos no meu guarda-roupa. Do barroco, tem três coisas que são de lei para mim:

    1 -as delicadas gargantilhas de renda ou de pérolas, amarradas atrás com uma fita de cetim;

    2- acessórios de cabelo com cordões de pérola e plumas;

    3 - blusas, jaquetas e boleros com mangas que caem sobre a mão, com várias camadas de renda.

    E por mais que seja enlouquecida pela estética barroca, não consigo imaginar muito como incluir outras adaptações no dia-a-dia. É meu bloqueio criativo^^

    ResponderExcluir
  5. Mas acho que essas são as melhoes "heranças" do rococó!
    As rendas mil, as pérolas, os decotes quadrados enfeitados nas bordas e eu amo as saias rodadas franzidas! Só que mais curtas e sem a armação, do estilo que as lolitas fazem.
    ^^

    ResponderExcluir
  6. Ahhh... eu amo a banda Versailles. Adoro a música Philia.
    Pena que eles estão dando um tempo. De banda aristocrática no Japão também tinha Malice Mizer. O guitarrista, Mana Sama, é um ícone Gothic Lolita...

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar! As respostas serão dadas aqui mesmo, então não esquece de clicar no botão "notifique-me" pra ser informada.

comments powered by Disqus
Pin It button on image hover