.Moda de Subculturas - Moda e Cultura Alternativa.: Black Phoenix Alchemy Lab

20 de setembro de 2010

Black Phoenix Alchemy Lab

Black Phoenix Alchemy Lab é uma empresa de Los Angeles, que já existe há 15 anos! Os proprietários Elizabeth Barrial e Brian Constantine fazem essencias "especiais". Afinal, a inspiração deles são temas como Halloween, obras de Neil Gaiman, H. P. Lovecraft (um de meus escritores preferidos!), Alice no País das Maravilhas e temas obscuros. Suas coleções tem nomes como "Ars Moriendi", "Diabolus", "Mad Tea Party", "Sin and Salvation", "A Picnic em Arkham" e todas as essências tem embalagens que lembram as épocas de antigamente. Eles tem até um porta-essências de colocar na parede que é um esqueletinho e as amostras parecem tubinhos de ensaio com sangue, hmmm que fofura! Além das essências eles tem esmalte preto, óleo de massagem, sabonetes e já há uma coleção prontinha a ser lançada pro próximo Halloween.

Ah, claro e o site, embora não tenha fotos, é uma graça, com uma estética antiga, tem poesias, a explicação de cada coleção e de cada essência. Muito legal ficar lendo os textos sobre as essências, super misteriosos. Lêem-se explicações como:
"Black Lily - escuridão de tirar o fôlego, uma visão de graça nas sombras", 
ou ainda: "Black Lotus - Nascido nas sombras de um templo de Set, esta essência do egito corrompido evoca imagens de pirâmides negras,  demônios do rio e areias mortais do deserto. Com flor de Lotus negra, âmbar, sândalo e mirra",
"Akuma - tentação diabólica, doce como o pecado: sangue laranja, neroli e franboesa
e "Black Phoenix - Nosso óleo. Um cheiro obscuro, lânguido. Promove tendências hedonistas e extremo auto-amor. Você não vai parar de beijar os espelhos por um mês".
Essas explicações dos perfumes mostram, além do marketing, a preocupação da empresa de encantar o cliente e comprar-se não um produto, mas uma história encantadora, misteriosa e envolvente.

Elizabeth, dona da marca, diz: "Eu não gosto da idéia de qualquer um de nós consumir versões de belezas padronizadas. Na Black Phoenix, estamos preocupados em capturar emoções, momentos e idéias enquanto forçamos ao máximo o limite do que é consideraro belo. A diversidade de nossas criações e as fontes de inspiração são coisas que qualquer pessoa com a mente aberta pode desfrutar".

Cada vez que eu vejo empresas assim, eu percebo  que  não há um real mercado alternaivo no Brasil. Só há "roupas e acessórios tudo preto" e campos como maquiagem, cosméticos, objetos e outros produtos que seriam uma real alternativa de consumo pra nós, não existem. 
Temos tantos roqueiros, góticos e etc formados em administração, biologia, arquitetura e design de interiores, química ... será que eles nunca pensaram em paralelamente terem uma empresa voltada pras especialidades deles, mas... pro mercado alternativo? 



  • 4Blogger Comment
  • Google+ Comment
  • Facebook Comment
  • Disqus Comment

4 Comments

  1. Ai que lindo!
    Eu quero! Esses tubinhos de sangue são tudo *.*

    ResponderExcluir
  2. Muito legal esse post! Com certeza eu compraria um produto assim! Adoraria ter um shampoo em forma de caixão ou caveira!

    ResponderExcluir
  3. Tudo isso realmente é de mais...
    e tem de menos e ai temos que improvisar com os produtos existentes aqui. -.-
    Vai vê é pré-conceito do povo em relação a coisas diferentes. Chato!

    Incrível este Blog!
    *.*

    ResponderExcluir
  4. Oi sophie!
    fico feliz que tenha gostado do blog, afinal, ele é pra vocês.
    Eu já acho que não chega a ser tanto preconceito com coisas diferentes, mas sim, a falta de visão de um mercado consumidor pequeno, mas existente. Precisamos é de mais empreendedores nessa área (alternativa).
    bjs

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar! As respostas serão dadas aqui mesmo, então não esquece de clicar no botão "notifique-me" pra ser informada.

comments powered by Disqus
Pin It button on image hover