.Moda de Subculturas - Moda e Cultura Alternativa.: Agosto 2010

29 de agosto de 2010

Vivienne Westwood - Shoes Exibition


Há quem afirme que a moda punk nunca teria existido da forma como existe hoje se não houvesse Vivienne Westwood.
Com 69 anos, a estilista inglesa está com uma exposição na loja de departamentos londrina Selfridges sobre seus exêntricos sapatos. A exposição chamada Vivienne Westwood Shoe: An Exhibition 1973-2010", é a mesma que a empresa brasileira Melissa trouxe ao Brasil em 2008 no São Paulo Fashion Week.
São 200 modelos, dos mais conceituais aos mais usáveis e populares como as famosas sandálias Mary Jane e seus sapatos de saltos altíssimos que inspiraram muitas marcas fetichistas.

Parece mesmo que quem é punk na essência, nunca deixa de ser, mesmo trabalhando junto ao "sistema". Ela sempre será  a Rainha do Punk: 69 anos, um vestido de aparência amassada e rasgada, barriga de fora, luvas de couro com formato diferenciado, cabelo deliberadamente  amarelo e bagunçado. Nada como ser ela mesma, sempre.



Algumas de suas criações para a marca Melissa são versões simplificadas ou modificadas em plástico de seus modelos em couro. Para muitas de nós, comprar uma Melissa desenhada pela Vivienne é a única forma de ter um sapato da estilista a preço acessível.


La Sorcière Corsets

A Valéria acaba de inaugurar o site da marca de corsets dela, a La Sorcière Corsets. Acho que conheço a Val há quase quatro anos. Nos conhecemos nas comunidades de Moda Alternativa do orkut e sempre trocávamos idéias e informações de roupas, modelagem, acessórios pra máquina de costura... 
Adoro essa garota. Ela está começando agora e desejo toda sorte do mundo pra ela, porque talento ela já tem!


28 de agosto de 2010

Esclarecendo Dúvida da Pergunta 35

Faço essa postagem pra esclarecer uma dúvida que algumas pessoas que estão tendo com relação à pergunta número 35 da Pesquisa Sobre Moda Alternativa no Brasil.
É uma pergunta incomum, eu confesso, mas não tenho certeza se me expressei de forma clara ao elaborá-la.

A pergunta é: 
"Qual aspecto da cultura/folcore/história do Brasil você gostaria de ver adaptado à moda alternativa? Ex: bordados nordestinos, referência da estética tradicional gaúcha etc."

Nosso país é tão grande e tem muitas características regionais, algumas que nem conhecemos, às vezes achamos lindo tal característica mas não encontramos referências à ela na nossa moda alternativa e por isso as descartamos ou as tratamos com preconceito.
Mas vale lembrar que as tendências da Moda Alternativa vêm de fora, são aspectos culturais DELES (Europa/EUA/Japão) adaptados nas roupas, o que eu quero com essa pergunta é captar quais características culturais nacionais são apreciada, pra analisar a possibilidade de como elas poderiam ser incluídas ou adaptadas à uma moda alternativa nacional. 
Vou dar exemplos visuais para melhor compreensão:

Ex 1: Vestimentas tradicionais gaúchas.
Ao público alternativo sulista que é tradicionalista, bolar roupas underground com referência à cultura gaúcha. Bom, eu sou gaúcha e sou suspeita pra falar, porque eu adoro aqueles vestidões de prenda e as bombachas usadas com botas dos garotos. 


Ex 2: Festa Junina
Alguns daqueles vestidos juninos de Campina Grande são lindos, lógico que eu mudaria as cores e as estampas deles, mas o caimento e formato é bem semelhante à certos vestidos tradicionais americanos muito usados com petticoats como este.



Ex 3: Bordados Nordestinos, Renda de Bilro, etc...



Ex 4: Outras danças/figurinos folclóricas regionais, como Reizado e Dança das Fitas:


E outros aspectos que você mesmo pode citar.

Essa pergunta é bem parecida com a número 34, porém, a número 34 é uma pergunta mais generalizada, sobre coisas que você aprecia e não necessáriamente serão adaptadas à moda. A pergunta 35 é específica: Qual característica você gostaria de ver adapatda à moda alternativa.

Qualquer outra dúvida sobre qualquer outra pergunta, entrem em contato!

27 de agosto de 2010

Black Frost: Nova Coleção

Recentemente postei aqui sobre minha paixão pelo brilho da lycra ciré. A Black Frost também fez suas duas últimas coleções só em lycra ciré. E são peças lindas!
Alexandra, dona da BF, cria peças que são copiadas por todo mundo, principalmente por "aquelas" lojas do orkut que reproduzem peças "sob encomenda". 

A Black Frost é uma marca voltada pro público heavy metal extremo, mas as suas roupas quebram essa barreira e são consumidas pelo mais variado tipo de ouvintes musicais. Na ativa desde 1999, a marca começou a criar suas próprias coleções em meados dos anos 2000. E desde o começo, o talento como criadora de moda alternativa com um toque da personalidade da dona da loja, está presente.
Infelizmente, embora eu seja magérrima, eu não consigo usar macacão! E os macacões da marca são de um design incrível, amo aqueles recortes e amarrações em todo lugar. Me limito aos boleros, blusinhas, botas.... e dessa coleção nova, já tenho uma peça que eu preciso ter: a blusinha 118, não vou resistir à ela.

Coleção nova:

25 de agosto de 2010

Sugestão: Pós Punk!

A Vogue Itália trás na maioria das vezes, os editoriais mais diferentes e ousados dentre todas as Vogues. Neste mês, o caderno Suggestions, trouxe um editorial inspirado pela estética pós punk anos 80, misturado com elementos da moda atual e algumas idéias de um pós punk rebelde chic como a terceira imagem e na sétima imagem um "pós punk chic adulto clássico" com as modelos vestidas de forma muito elegante.


Prim Magazine

Editorial super Rock n Roll da revista Prim #11.


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover