.Moda de Subculturas - Moda e Cultura Alternativa.: Moda Alternativa Plus Size

6 de agosto de 2012

Moda Alternativa Plus Size

Plus Size é um termo surgido nos EUA na década de 1970 e nada mais é do que um tamanho extra ou extra grande, específicamente a partir do tamanho  44.
Os obesos por muito tempo foram deixados de lado em se tratando de moda e tendências, mas com o aumento das medidas da população mundial, a indústria têxtil teve de se adaptar à esse nicho de mercado e assim, em anos recentes mais e mais lojas passaram a fazer roupas em tamanhos grandes seguindo as tendências de moda.

Quando falamos de “Moda Alternativa Plus Size”, a carência de produtos para esse público é tão ou maior que na moda dominante. A grande verdade é que nichos de mercado nunca serão abraçados completamente pelo mainstream. Uma grande vantagem é que a maioria das marcas alternativas nacionais trabalha com peças sob medida, então é possível que garotas acima do peso encomendem roupas no tamanho adequado. Porém várias marcas alternativas estrangeiras já apresentam opções de peças em tamanhos maiores produzidas em massa para pronta entrega.
 

Harmonizando a Silhueta
Por causa da largura corporal, as obesas tendem a ficar com a silhueta achatada. Mas existem dicas pra criar a ilusão de uma silhueta mais alongada:
- Tops e Vestidos transpassados disfarçam a barriga e criam cintura, assim como listras diagonais.
- Decote quadrado em busto grande os faz parecer menores, assim como decote em V para bustos médios e decote em U para todos os tamanhos de busto.
- Saias e vestidos na altura de um palmo acima dos joelhos, em formato “A” (evasê), reta ou lápis; se prefere saias longas procure marcar a cintura e usar decotes quadrados.
- Calças de caimento reto com a barra tocando no peito do pé.
- Usar roupas em tons escuros não significa usar só preto mas sim cores em tons fechados.
- Use meias calças em cores fechadas e evite as com estampas e desenhos de renda muito grandes. Mas há como usar meias calças estilosas e ainda assim ter uma silhueta alongada, basta usar salto e saia mais curta.


Proporção:
- Estampas devem ser proporcionais ao seu tamanho. Procure usar estampas na parte menor de seu corpo e deixe as peças lisas pra parte maior. O mesmo vale para as cores claras.
- É verdade que saltos alongam as pernas, mas a grossura do salto deve ser proporcional ao tamanho do seu corpo. Quanto maior em largura você for, mais grosso deve ser o salto.
- Assim como os saltos, a bolsa também deve acompanhar o tamanho de seu corpo, evite bolsas pequenas. Bolsas médias a grandes são ideais.

Apesar das dicas, o importante é você se sentir bem e segura com as roupas que usa. A grande verdade é que você pode vestir o que quiser, quebrando regras, pois beleza é antes de tudo atitude! Vista-se como gosta e use a maquiagem que te agrada. A única coisa que considero ser obrigatório é vestir-se de acordo com o ambiente em que irá. Isso não significa mudar ou eliminar seu estilo alternativo, apenas usar a roupa alternativa adequada.  

Dicas de Moda
Os Formatos de corpo feminino mais comuns são o Ampulheta, Oval (Maçã), Pêra (Triângulo), Retângulo e Triângulo Invertido.


Ampulheta: Neste corpo o ombro tem a mesma medida do quadril com a diferença aceitável de 5cm. Cintura é em média 20cm menor que o ombro/quadril. 
A cintura fina deve ser enfatizada e ao mesmo tempo pode-se chamar atenção para ombros e colo. Esse era o tipo de silhueta desejada na Era Vitoriana e nos anos 1950. Recomendo que da Era Vitoriana peguem apenas o tipo de saia e esqueçam a parte de cima que era muito fechada, já dos anos 1950, podem roubar o New Look completo.

Use:
Tops: cardigãs e suéteres inspirados no anos 1950; casacos ao estilo anos 1930; trench-coats com cintos; blusas regatas, blazers e casacos monocromáticos, tudo levemente acinturado.
Saias lisas ou estampadas em formato godê, evasê ou lápis.
Vestidos envelope/tranpassados ou acinturados como os dos anos 1940 e 1950.
Calças capri; calças de corte reto com cintura levemente baixa.
Acessórios: Cintos finos e médios. 



Evite: decotes altos e fechados ao estilo Vitoriano ou Eduardiano e cava americana, pois eles farão seu busto parecer maior e tirar a atenção da cintura fina. Evite a silhueta dos anos 1920 que foi feita pra mulheres sem curvas; roupas em forma de trapézio ou túnicas muito soltas que criam volume na cintura e no quadril; blazer ou casacos com ombreiras; saias de tecidos muito volumosos; calças justas e afuniladas. 


Pêra ou Triângulo: o ombro tem a mesma medida da cintura ou de 1 a 5cm maior que ela. Cintura menor que o quadril e quadril 10 ou mais cm maior que a cintura. Ou seja, parte de cima do corpo pequena, quadris largos e cintura fina. As roupas devem dar a ilusão de “aumentar” a parte de cima do corpo.

Use:
Tops: blusas acinturadas com ombros bufantes vão equilibrar a largura dos ombros com a do quadril; decote canoa; blusas estampadas e coloridas; listras horizontais; blazers levemente acinturados.
Saias longas ao estilo Vitoriano ou Eduardiano assim como as dos anos 1970; saias evasê com caimento suave e solto; saia lápis em tecido firme que afunile levemente em direção à barra; saias retas preferencialmente em tons escuros.
Vestidos em formato A (evasê) estilo 1960; vestidos estilo Império.
Calças de cores escuras e corte reto; calça risca-de-giz  com linhas finas.
Acessórios: Brincos, colares, pulseiras volumosas e broches chamam a atenção pra parte superior do corpo.



Evite: regatas de alcinha; frente única ou cava americana, que diminuem ainda mais os ombros; evite cores escuras na parte de cima quando estiver com a parte de baixo na cor clara; muitos detalhes na região do quadril; bolsos em saias ou calças com algum tipo de decoração ou bordado; comprimentos de saia e vestidos entre os joelhos e a panturrilha; saias plissadas; saias bufantes; tecidos grossos e pesados na parte de baixo; jeans super justo; cintos largos ou muito fininhos no quadril.

 
Maçã ou Oval: ombro menor ou igual à cintura, a cintura é igual ou maior que o quadril; e o  quadril ao menos 10cm maior que cintura. O corpo maçã costuma ter busto, barriga e coxas grandes. A dica é criar a ilusão de uma linha corporal mais longa/alta.
As roupas devem chamar a atenção para o colo e pescoço. Evite cobrir todo o corpo, quanto mais pele você mostrar, melhor. Uma das formas é usar decotes, mangas curtas e saias curtas + saltos. Usar tecidos de caimento suave e solto e looks monocromáticos.

Use: Roupas de épocas que não enfatizam tanto a cintura como as dos anos 1930, 1960 ou 1970.
Tops: decotes em V ou U; mangas aos estilo dos anos 1960; túnicas; camisas de botões verticais. Jaquetas
podem ser curtas pra criar uma "quebra" na silhueta simulando cintura.
Saias curtas e retas, sem pregas e com cós na cintura.
Vestidos retos e soltos de comprimento suave como os de esilo Império que dá ilusão de que seu tronco é mais fino e longo.
Calças de pernas retas ou pantalonas.
Acessórios: sapatos e sandálias altas e do mesmo tom da saia, meia calça  ou calça. Abuse de colares, brincos pesados ao estilo 1920 ou 1980 chamarão atenção para seu rosto e não para sua barriga.


 
Evite:
Regatas com alças finas, blusas que marcam o abdômem, blusas muito fechadas, roupas com listras horizontais, blusa por dentro da calça; saias com muito volume na barriga; vestidos anos 1950 ou que tenham qualquer tipo de volume na área;  calça legging escura deixa a perna muito estreita e realça a barriga; tecidos volumosos. 



Triângulo Invertido: A medida das costas e dos ombros é geralmente maior que a medida do quadril. Ouem tem esse formato de corpo precisa “criar” uma cintura, chamar a atenção para o colo e diminuir visualmente os ombros usando volumes na parte de inferior do corpo.

Use:
Tops: decote em "V" estreito e profundo, blusas de cores escuras e estampas pequenas ou verticais, modelagem blusê, blusas transpassadas. Blazers e casacos de lapela estreita e abotoamento simples.
Saias evasê, envelope, godê em tons claros ou com estampas grandes para dar ilusão de aumento nos quadris;
Vestidos godê, evasê, drapeados;
Calças com volumes, bolsos, estampas; modelagem reta ou pantalona.



Evite: saias retas e lápis; calças justas (cigarrete, skinny), blusas com ombreiras ou mangas bufantes, frente-única, tomara-que-caia


Retângulo: ombro igual à cintura  ou 1 a 5cm maior que ela,  cintura 1 a 10cm menor que o quadril, quadril mesma medida do ombro com diferença aceitável de  5 cm. Como ombros, cintura e quadril tem praticamente a mesma medida, é preciso dar foco à cintura ou ombros.

Use:
Tops aos estilo 1940 com ombros largos. Vale realçar ombros com ombreiras, mangas bufantes, pregas, blusas blusê, casacos ¾ ou 7/8 e blazers acinturados.
Saias retas, evasê, godê estampadas de cintura levemente baixa
Vestidos estilo anos 1920, vestidos largos como os de 1970, vestidos evasê (1960), vestidos enviesados (1930), vestidos tubinho.
Calças retas, bermudas retas e cintura mais baixa;
Acessórios: todo modelo de cinto para criar uma cintura.


 
Evite: saias lápis pois são retangulares como o corpo,  mini saias quadradas; roupas largas. 

Roupa de baixo (underwear): são importantíssimas pra quem está acima do peso. Sutiãs que sustentam seios grandes e bermudas que disfarçam imperfeições são ótimas pra quem não dispensa saias ou vestidos. Outra opção é usar body ou corsets como underwear, especialmente os underbust. Há linhas específicas de corsets para serem usados como roupa de baixo em marcas brasileiras.



Moda praia: os modelos de maiôs ou biquínis retrôs ficam muito estilosos em obesas, pois normalmente o busto é bem sustentado e a calcinha é de cós na cintura e lateral larga. Se optar por maiôs modernos, os cavados alongam o corpo. Use estampas proporcionais ao tamanho de seu corpo, de preferência de tamanho médio e fundo escuro. Recortes ou listras verticais ou na diagonal criam ilusão de ótica e afinam. 



Cabelos e acessórios são áreas que você nunca deve esquecer! Eles chamam a atenção para seu rosto, desviando o olhar. Você pode usar os acessórios que desejar e por mais careta que seja sua roupa, são eles que vão dizer à qual tribo de estilo você pertence. 



As imagens foram pegas das lojas: www.dominodollhouse.com, www.torrid.com, www.pinupgirlclothing.com.
Fontes consultadas para os textos do formato do corpo: www.dzai.com.br, www.fatorestilo.com, www.oficinadamoda.com.br, www.dicasdemulher.com.br, voutecontar.ne.

  • 18Blogger Comment
  • Google+ Comment
  • Facebook Comment
  • Disqus Comment

18 Comments

  1. Olá. Excelente matéria, eu ainda não conhecia sobre o Plus Size pode ter certeza que eu vou pesquisar mais sobre isto. Cada pessoa é bonito a seu jeito e ao invés de tentar mudar para encaixar em padrões porque não nos valorizarmos do jeito que somos.
    bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo! Todas somos lindas, independente do tamanho de nosso corpo e da nossa altura. Os padrões servem pra serem quebrados não é mesmo? rsrsrs!! =D

      Excluir
  2. Ótima matéria!Acho que uma das coisas mais difíceis de achar são as lingeries,e essas que vc colocou estão lindas.
    Eu sou gordinha e tenho bastante seios e acabo tendo que usar só sutiãs básicos,pq eles são reforçados e realmente seguram,mas os bonitos são sempre pequenos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade!
      Eu tenho certa dificuldade pra achar sutiãs, por incrível que pareça quem tem busto pequeno também sofre nessa área; quando encontro um que serve no corpo não serve no bojo e vice-versa... =(

      Excluir
  3. Adoramos o seu post,maravilhoso.
    Desejamos a vc um ótima semana.
    Super beijos da Glorinha.
    Estamos com a campanha Google +1 e contamos com a sua participação.
    Tem brinco novo.
    http://sbrincos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. muito bom! conheci a moda Plus Size através de uma amiga "gordinha", ela sempre fala sobre isso. Achei bacana vc falar sobre a moda Alternativa Plus Size! Vou passar o link p minha amiga dar uma olhada!!

    xeroOOO


    http://paty-as-avessas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que bom que gostou!
      É, de fato não se fala muito sobre isso (ainda), mas tomara que agora se fale mais!
      Obrigada por indicar o link ^^

      Excluir
  5. Oi, Sana! Adorei o post, como sempre, adoro as pesquisas que vc faz. Seu trabalho é único! As imagens que você usou como referência são lindas!!! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Denair! Fico feliz!! Obrigada!
      As imagens são lindas mesmo *_*

      Excluir
  6. Adorei o blog, muito lindo, amei tudo. Parabéns mesmo, vou sempre estar aqui (:

    ontendency.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Adorei, simplesmente adorei.
    C toda certeza vou ta sempre por aqui.

    Beijos

    http://egomoderno.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Boa noite, tudo bem?
    Gostaria de saber a fonte desta materia, para ser incluso em um projeto academico, que fala sobre o segmento plus size.
    Se puderem me enviar isso agradeço.
    abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fui eu mesma quem escrevi e elaborei o conteúdo do post ;)

      Excluir

Obrigada por comentar! As respostas serão dadas aqui mesmo, então não esquece de clicar no botão "notifique-me" pra ser informada.

comments powered by Disqus

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover