.Moda de Subculturas - Moda e Cultura Alternativa.: O Halloween e as Roupas Alternativas

30 de outubro de 2012

O Halloween e as Roupas Alternativas

O Halloween é um festejo muito antigo que data de aproximadamente 600 a.C. A data tem esse nome no hemisfério norte, mas países latinos oficialmente não celebram o Halloween (31 de outubro), e sim o Dia de Finados (02 de novembro), inclusive no Brasil. No México, a data correspondente leva o nome de Día de Los Muertos.
O costume dos “disfarces” nesta data pode ter nascido na França entre os séculos XIV e XV. Nessa época a peste negra dizimou metade da população do continente, criando entre os católicos um grande temor e preocupação com a morte, nasceram muitas representações artísticas que recordavam às pessoas a sua própria mortalidade. Possivelmente, a tradição de pedir um doce, sob ameaça de fazer uma travessura, teve origem na Inglaterra, no período da perseguição protestante contra os católicos (1500 - 1700). 

Mas onde começa a relação moda alternativa x Halloween?
Vamos associar a palavra Halloween à "terror". E vamos associar moda alternativa com subculturas musicais.

Uma das maiores referências é Alice Cooper, o primeiro artista a incluir elementos de terror no rock n roll com cenários assustadores no palco em 1975.  Porém, em 1958 a canção "Endless Sleep" de Jody Reynolds e a canção "Last Kiss"  de J. Frank Wilson (regravada pelo Pearl Jam) foram as primeiras canções sobre jovens com uma visão mórbida e romântica sobre a morte. Ainda nos anos 1970, bandas como The Doors, The Velvet Underground,  The Cramps,  The Damned e KISS tinham essa mistura de temas mórbidos e de terror.
Em 1982, o Horrorpunk (ou Horrorrock), gênero musical que mistura gótico e punk rock, se inspira em filmes de terror e no Rockabilly de 1950. A banda Misfits é uma das progenitoras do estilo. No mesmo ano o Deathrock, outro subgênero do punk que mistura horror e atmosfera assustadora, tem bandas como 45 Grave e Dinah Cancer trazendo junto referências de surrealismo, cabaret e iconografias religiosas. E é claro, as bandas post-punk como Joy Division, Siouxsie and the Banshees, Specimen, Alien Sex Fiend e Christian Death, que em 1982 lançou o que hoje é considerado o primeiro álbum gótico. De lá pra cá, Rob Zombie, Marilyn Manson, Lordi e Murderdolls talvez sejam as bandas de rock que mais usam dessa imagem assustadora tão comum no Halloween, mas o Death Metal e o Grindcore também carregam em seus temas, artes da capa e nos próprios nomes de bandas, muitas referências ao horror.


Moda
Zumbis, Familia Addams, Familia Monstro, Dark Shadowns, Vampira, Elvira, tudo inspira criações na moda alternativa. A partir de meados dos anos 2000, o Día de los Muertos mexicano entrou na onda com suas caveiras alegres, femininas e simpáticas, filmes de terror antigos  especialmente os dos estúdios Hammer de 1940 (associados à estética retrô/pin-up) e a popularização dos zumbis e vampiros em séries de TV e cinema também viraram grandes referências.
A partir da junção de tudo isso,  temos todo o cenário pronto para que uma moda se desenvolva. Afinal, os ouvintes dos gêneros musicais acima, precisam se vestir de acordo com a música que gostam.


Mas esqueça peças de roupas que você vê por aí em marcas alternativas que o tecido é de Halloween barato, de baixa qualidade, quase carnavalesco. Boas marcas alternativas perceberam que o tema terror vende (muito) e peças de qualidade padrão permitem que você se vista como se fosse Halloween o ano todo sem parecer que está fantasiada.


Alguém percebeu esse nicho de mercado e se especializou

Estou me referindo à marca cult e underground Kreepsville 666, que tem seu foco completamente voltado a criar peças sob tema de horror. A marca começou em 2006 na Escócia (atualmente nos EUA) e por oferecer produtos inovadores, rapidamente ganhou espaço na moda alternativa sendo que suas peças são facilmente reconhecidas. A marca é super imitada, mas é a original "Scary Wear" da moda alternativa. Sabe aquelas mãozinhas de caveira tão replicadas por aí? Kreepsville que popularizou. Assim como os laços de cabelo com olhos, ossinhos e um popular vestido tubinho que imita todo corpo em esqueleto. Na mais recente coleção da marca, zumbis e Elvira são o tema foco.

Separei um editorial com produtos da Kreepsville pra vocês terem uma idéia de seus produtos, título super de acordo: Psychobilly Siren, pois como eu disse ali em cima, das subculturas musicais surgiu a estética. 


É claro, se você quer produzir roupas com tema relacionado, você tem que antes produzir tecidos. E eu sou apaixonada por estes tecidos de tema Horror/ Día de Los Muertos:



Mais alguns exemplos de Moda Alternativa: Acessórios!



Roupas! E pra não dizer que não postei fantasias, dois exemplos de como mesmo sendo fantasias, elas são tão bem feitinhas que as peças podem ser separadas, customizadas e ir pra rua depois.


Hoje em dia é possível se vestir de "Halloween" o ano todo sem parecer que está fantasiado(a), isso acontece devido à profissionalização da Moda Alternativa!



* Artigo original do Moda de Subculturas. Para usar trechos do texto como referência em seus sites ou trabalhos, achamos gentil linkar o artigo do blog como respeito ao nosso trabalho. Tentamos trazer o máximo de informações inéditas em português para os leitores até a presente data da publicação.
Todas as montagens de imagens foram feitas por nós.
Fotos: Google.
  • 6Blogger Comment
  • Google+ Comment
  • Facebook Comment
  • Disqus Comment

6 Comments

  1. Adoro essa data e das festas à caráter!!!

    Posso até dizer que uso um pouco dessa influência no meu dia-a-dia.... Sem exageros!! Mas pra sair a noite e ir pra shows acho que vale muito!!!

    Mais da metade das bandas citadas está na minha lista de favoritas....
    curti muito o post..

    Feliz dia das Bruxas!

    ResponderExcluir
  2. Sabe que eu nunca liguei essas roupas alternativas com o Halloween? HAHAHAHA, eu uso o ano todo, no Halloween é só fantasia mesmo, porque roupas com zumbis, cabeiras, esqueletos, etc, eu uso sempre.

    ♥ Blog Cerejas no Topo:
    http://www.cerejasnotopo.com/

    ResponderExcluir
  3. São divertidas, não acha? Seu texto ficou muito bom, rico em curiosidades. Curti muito!

    Baci!
    Cowgirls from HellFan Page

    ResponderExcluir
  4. Adoro os artigos do blog, sempre muito profissionais! Acho que a moda alternativa está se profissionalizando sim, mas ainda falta qualidade em algumas lojas que conheço, principalmente de roupas :/
    Mas eu adoro uma boa camiseta que tenha uma estampa relacionada a zumbis e terror!
    Abraços!

    http://pinupinsana.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Eu adoro Halloween.Se nao tivesse que estudar pro ENEM e uma prova de fisica,na facul tinha uma festa de cosplayers,e eu ia de Sailor Venus,rsrs
    Bjos,como foi a sua festa?

    ResponderExcluir
  6. Onde posso encontrar essas roupas? Alguma loja aqui no Rio de Janeiro? Obrigada, Flavia

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar! As respostas serão dadas aqui mesmo, então não esquece de clicar no botão "notifique-me" pra ser informada.

comments powered by Disqus

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover