.Moda de Subculturas - Moda e Cultura Alternativa.: Tendência: Saia de Tule (e sua breve história)

18 de março de 2014

Tendência: Saia de Tule (e sua breve história)

A saia de tule está sendo vista com frequência nos sites e blogs de street style e já se cogita que possa virar uma tendência ainda esse ano. Como uma peça que vem dos palcos, obviamente sua versão street atual é bastante amenizada. 
Este post é pra lembrar que na moda alternativa, a saia de tule nunca saiu de cena.


Uma breve história...
A saia de tule surgiu dos figurinos de ballet da Era Romântica. A primeira saia de tule creditada foi usada em Paris em 1832 pela bailarina Marie Taglioni no ballet La Sylphide. Não se assemelhava muito à uma saia e mais à um vestido, mesmo assim, Marie foi ousada ao usar uma saia tão curta pra época, o que foi um escândalo!
Com a evolução do ballet, uma saia mais curta foi necessária, assim, na década de 1880, a bailarina Virginia Zucchi foi a primeira a vestir uma acima dos joelhos.

A bailarina Marie Taglioni em 1832 e Virgínia Zucchi em 1880.


O tule
O tecido chamado de tule surgiu nos idos de 1700 na cidade francesa de Tulle. Consiste de tramas hexagonais feitas em seda, algodão e em tempos atuais também em nylon (poliamida) e poliéster. É um material usado em véus, anáguas, enfeites em chapéus e babados de volume. Sua versão mais grossa e rígida é chamada de "filó" (ou tule de armação). 
Existe também o tule enfeitado com pedrinhas de brilho e o de malha, mais fino, maleável e macio, que é usado pra fazer babadinhos em forros de saias (especialmente infantis), detalhes de recortes transparentes em roupas e um dos mais conhecidos é o com estampa de bolinhas. 
Cuidado pra não confundir o tule com a organza, isso é bem comum em sites que vendem roupas fabricadas na Ásia. A organza faz a mesma função do tule na questão de babados e transparência, mas é um material diferente, portanto não tem o mesmo nome e textura.



A "popularização" do tule
A Rainha Victoria da Inglaterra usou tule em seu vestido de noiva em 1840, foi aí que nasceu a associação do tule com decorações e vestidos de casamento. Na década de 1940 e 1950 do século XX, o tule retorna muito forte devido ao New Look Dior, já que anáguas eram exigidas para que as saias ficassem armadas. 

Tendência Atual
Se vocês repararem na tendência atual, as saias se parecem muito com as da silhueta da década de 1950, são abaixo dos joelhos e rodadas.

Vestido de 1950 e moça usando uma saia semelhante atualmente.

 A tendência atual da saia de tule vista nos sites de street style, é bonita, certinha, elegante. A amenização é a forma que as pessoas normais encontram de usar peças diferentes sem chocar a sociedade.



Na moda alternativa
Como vocês puderam notar, historicamente até então, as saias de tule sempre estiveram por baixo das roupas femininas. 
Mas quem as colocou por cima das roupas ou usadas sozinha?
As punks! Com sua atitude contestadora e apreciação por subverter o senso comum, as saias de tule são usadas pelas punks por cima das roupas ou mais escandalosamente: sozinhas! Como se fosse uma saia normal. 
Então, se hoje uma fashionista pode usar saia de tule amenizada na rua, ela deve agradecer às garotas punks que fizeram isso antes!

Jordan (The Ants) na primeira foto e nas três fotos seguintes, as meninas da The Slits, uma das mais significativas bandas punks formada apenas por mulheres do fim da década de 70. Todas usando saias de tule.

Desde que entraram na moda subcultural na década de 70 através das punks, a saia de tule sempre esteve presente. Nos anos 80, elas invadem a moda neo-romântica/new wave e a gótica. Nos anos 1990 a saia permanece na subcultura gótica, cyber e industrial.


Alguns exemplos de saias de tule usadas na moda gótica, 
cyber/industrial e deathrock

Ainda nos anos 90, a saia de tule se faz presente na cena pop punk. Na década de 2000, invade a moda rock feminina, Amy Lee e Avril Lavigne são duas das principais adeptas da saia na cena rock.

No período entre a década de 2000 e os anos atuais, vemos a saia na moda scene e no trashy style, na cena retrô/pin-up, na moda dos fruits, kawaii e do pastel goth!


No Brasil, a Persephone, loja parceira do blog, tem saia de tule em seu catálogo.

Como podem ver, a "tendência da saia de tule" é pras pessoas normais, porque no meio alternativo ela nunca saiu de moda ;-D

* Curiosidade: Originalmente, a saia de tule engomada era chamada de "tutu" e a sem goma, chamada de  "saia de tule" mesmo. Mas hoje em dia, é comum muitas lojas venderem a saia de tule sob o nome de "tutu" mesmo esta não sendo engomada.


As saias de tule já estiveram aqui no blog algumas vezes. Eu mesma sou uma grande fã! Tanto que em 2005 (nossa, faz tempooo) eu fiz um tutorial pra uma comunidade do orkut que eu participava. Pra ver é só clicar abaixo, as fotos são bem toscas, porque são de oito anos atrás! (eu já causava na internet falando de moda alternativa naquela época hahaha).Clique: http://modadesubculturas.blogspot.com.br/2009/12/saia-de-tule-tutorial.html

E você, pretende adotar essa tendência? 
Prefere as saias do momento, as alternativas ou ambas? 


  • 4Blogger Comment
  • Google+ Comment
  • Facebook Comment
  • Disqus Comment

4 Comments

  1. Hahaha mano, essa moda da saia de tule era o "must" lá por 2004, comecinho dos anos 2000, sei lá, quando eu tinha uns 14 anos. Todo mundo queria uma e fazer a bailarina gótica, por causa da Avril, da Amy e da Marimoon. Não lembro, mas acho que não cheguei a ter uma, mesmo porque precisaria costurar e eu era muito nova e preguiçosa, como sou até hoje, daí deixei pra lá, mas hoje em dia tenho horror a esse estilo... no máximo acho um pouco mais aceitável no street style, mas não gosto, tipo, pra mim. Eu vejo programas de noiva na tv e as mulheres com saia de tule e fico passada. Acho que é menos pelo estilo e mais pelo excesso que eu tive ao ver essa tendência quando eu era adolescente, porque alguns exemplos que você colocou no post são legais, mas se eu vejo de perto o tecido, os buraquinhos, dá nervoso hahaha... hoje em dia prefiro algo mais como chiffon, musseline ou qualquer outro pano mais pesado pra dar o efeito rodado e armado - tipo as saias de couro rodadas que estavam bem em alta há um tempo.

    FIERCEKRIEG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdaaaade, bem lembrado! Teve mesmo essa fase de bailarina goth, acho que foi sim por causa da Amy Lee e da Marimoon!! Tanto que fiz o tutorial da saia de tule a pedidos da comunidade bem nessa época, ou seja, o povo queria! hahaha =D
      Além de chiffon, musseline, que são uótimos pra esse efeito mais suave e rodado, com organza eu tb acho legal pra saias mais no estilo do street style!

      Excluir
  2. Não sou muito da saia de tule sozinha, mas tenho dois petticoats (um roxo e um preto) de chiffon, comprados para usar por baixo de saia godê na altura do joelho, estilo rockabilly mesmo. Não são de tule, porque o tule moderno espeta muito para usar como saia de baixo, mesmo que arme que é uma beleza. Aí eu pergunto: do que são feitas essas saias que as moças estão usando direto na pele? Porque não deve ser tule normal, é muito molinho. Garanto que é do mesmo chiffon que as minhas petticoats.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anáguas de volume (petticoats) ao estilo retrô costumam ser também de organza.
      Nas fotos do post tudo é tule, mesmo as saias molinhas, o que acontece é que existem tules de gramaturas diferentes, do mais fino e mole ao mais grosso e rígido (filó) e também existe a malha de tule.
      Nas imagens do post eu procurei meninas usando apenas tule. O que acontece (e que é normal) é as saias de tule terem um forro pra que não pinique na pele. Porque tule costuma ser àspero e se vc quer evitar que a aspereza pinique sua pele, vc tem que usar forro. Em algumas fotos do post é possível ver que há forro tanto em algum tecido quanto em organza, mesmo porque tule usado sozinho, sem forro, costuma ficar transparente.

      Excluir

Obrigada por comentar! As respostas serão dadas aqui mesmo, então não esquece de clicar no botão "notifique-me" pra ser informada.

comments powered by Disqus
Pin It button on image hover