.Moda de Subculturas - Moda e Cultura Alternativa.: Setembro 2015

30 de setembro de 2015

Lojas Virtuais: A importância de ilustrar corpos plus size

Uma coisa parece ser um fato: poucas são as grandes lojas alternativas que fotografam modelos plus size para exibir as peças de seus catálogos.

pinup girl clothing
Pinup Girl Clothing

Ao visitar uma loja virtual, meninas "plus size" precisam se "imaginar" naquela roupa e bem... às vezes elas não conseguem... às vezes uma roupa tem detalhes, recortes que pode gerar dúvidas onde exatamente se localizariam no corpo dela. Será que ficaria bom?? Na dúvida ela não compra a peça. E se não compra a peça, a loja perde cliente.

Mas esse tipo de gestão precisa ser revista na atualidade. Nesse mundo em que a cada dia mais se reconhece a diversidade, não há espaço para a perda de uma potencial cliente que vai trazer retorno financeiro e fazer uma empresa crescer. 

Algumas lojas ao propor parceria com blogs, dizem "você precisa mostrar a roupa no corpo pro leitor ver como fica". Mas e as lojas? Por que se livram de "mostrar a roupa no corpo" de mulheres fora do padrão em seus próprios sites que são suas vitrines? E lá vai a moça plus "caçar" fotos de clientes no instagram ou outras redes sociais pra ver se tem alguém com o corpo semelhante ao dela usando peças da marca. Isso poderia ser facilitado pelas próprias lojas com uma aba separada para Plus ou com fotos junto das modelos magras.

Acredito por diversos motivos, que essa representatividade é uma questão de tempo nas lojas aqui no Brasil. Enquanto isso, vamos mostrar marcas estrangeiras que estão vários passos à frente de nós. A gente vai criando cada vez mais admiração por estas empresas que pensam na diversidade.

Hell Bunny / Spin Doctor
São duas marcas alts que são das primeiras a fotografar modelos maiores. Em seu último catálogo, além de modelos magras e gordas, também tem uma modelo de origem latina. É bem comum em todas as coleções a mesma peça ser ilustrada numa modelo magra e numa modelo plus, aliás, a brasileira Litha Bacchi é presença constante nos catálogos da empresa.

Mesma peça, duas medidas:
A marca faz questão de usar modelos plus size

Unique Vintage
A loja tem uma aba de acesso direto aos modelos plus size até mesmo pra cliente não perder tempo "imaginando" a roupa que está no corpo da magra. Torna o processo de visualização das peças mais dinâmico.


Pinup Girl Clothing
Além da aba Plus Size, a loja surpreende pela variedade de corpos. Lembram daquele post onde exemplifiquei tipos de corpos e modelos de roupas que os favoreciam? Então, a loja usa pelo menos 5 tipos de corpos diferentes pra ilustrar suas peças!

Corpo maçã, corpo ampulheta, corpo retângulo

corpo triângulo invertido e corpo triângulo

Assim como na Hell Bunny, a marca às vezes também ilustra uma menina com mais peso e uma com menos peso juntas nas fotos. 



Queen of Darkness
Embora a marca venda tamanhos grandes de alguns modelos de roupas, apenas algumas peças aparecem fotografadas em plus sizes no catálogo, ou seja, é um começo... Na última coleção não tinha nenhuma menina maior, só magras. Vamos torcer pra que eles mantenham e ampliem.



Hot Topic 
A Hot Topic acho que foi das primeiras lojas que eu vi estampando meninas acima do tamanho 44. Dependendo da época tem umas meninas maiores e mais roupas fotografadas. 




Jessica Louise também tem o link direto para Plus Size, inclusive foi uma das marcas que apostou em Tess Holliday quanto esta ainda era uma desconhecida do mainstream, conhecida apenas no meio alternativo como Tess Munster. A Tess até hoje, mesmo super famosa, modela pra marca, o que não deixa de ser um belo de um agradecimento por esta pequena marca alternativa que apostou nela mesmo ela sendo super fora do padrão.

Uma coisa que notei é que as marcas tendem a escolher modelos plus size com corpo ampulheta (tudo sempre fica bem em corpo ampulheta!), nisso a Jessica Louise e a Pinup Girl Clothing se destacam por investir em corpos plus em outros formatos. Isso porque a gente nem falou/exemplificou modelos de outras etnias que não a caucasiana... esse assunto "diversidade e representatividade" rende!

As marcas alternativas estão fazendo tamanhos maiores, só que as meninas plus também querem ser representadas nas fotos dos sites. Será que não passou da hora do pedido delas ser atendido?

Aviso: Agora além da Fanpage do Facebook, do Instagram e do Google +, a gente também tem um Pinterest e um Tumblr!! ;)


25 de setembro de 2015

As camisetas longas masculinas da Killstar

A marca Killstar, famosa por ser uma das que lançou a trend ocultista na moda alternativa, já tem um tempo que remodelou algumas de suas camisetas masculinas num modelo que eles chamam de XLong. Algo como "super compridas", mas que, cá entre nós, sem disfarçar palavras, são como vestidos pois são peças inteiriças que cobrem tronco e pernas.
A gente sabe que quando se trata de ousadia na moda masculina, por causa do conservadorismo habitual deste público, palavras vindas do guarda roupas feminino precisam ser "amenizadas" para serem aceitas. A saia masculina vira "kilt" (mesmo não sendo um kilt!) ou "saias de combate" ("combate" sugere força).

Para os rapazes que procuram algo fora do habitual, achei que essa é uma ideia legal pra começar a sair um pouco da mesmice. Pra quem tem medo ou receio de ousar logo de cara, as camisetas compridas, nas fotos, são usadas com calças mais justas. Estilosas o suficiente pros que arriscam sair do básico.   


1 - 2 - 3 - 4
 
 

Será que os brasileiros investiriam
em peças assim, mais diferenciadas?


Acompanhe nossas mídias sociais:
Pinterest  Google + Medium Facebook Instagram Bloglovin´ 

24 de setembro de 2015

Sobre os acessórios tóxicos da Restyle e bijuterias da China

Em meio aos tão falados Slow Fashion, Consumo Consciente, combate ao trabalho exploratório, ao trabalho escravo e o superfaturamento de roupas de fast fashion, pouco se fala sobre os acessórios (e sobre calçados) vindos da Ásia.

Acho que vocês lembram que ano passado a marca alternativa Restyle teve de retirar suas bijuterias do mercado em vários países pois um teste detectou a presença de metais pesados tóxicos e eco-tóxicos (poluem a natureza) numa quantidade 8 mil vezes maior que o permitido. Esses metais não podem ficar contato com a pele por algumas horas pois podem intoxicar a pessoa que usa podendo até mesmo provocar doenças renais ou hepáticas.

Embora aqui sejam vendidos à preço de acessório de alta qualidade, lá na Europa, as bijus da Restyle tem um preço barato, em torno de R$45,00*

Após quase um ano reformulado os conteúdos químicos de suas bijus, a marca lançou agora uma nova coleção, chamada "Moon", que tem tudo a ver com a atual trend Witchy que tá rolando na moda alternativa. 


Achei linda a coleção nova! Não tenho biju da marca, mas lembro que na época da denuncia sobre toxicidade, o pessoal alternativo gringo falava que a Alchemy Gothic era uma opção, pois as bijuterias deles estão dentro dos padrões exigidos para o uso de metais. Só que se vocês notarem a Alchemy é mais cara, a média das peças é em torno de R$150,00 a R$200,00*.

Bijus da Alchemy Gothic

Preço alto costuma ter justificativa, né?
A gente que é infiltrada no meio da moda sabe disso. E é aqui que entra meu alerta sobre importar/comprar bijuterias baratas de sites chineses/asiáticos: a China não controla o uso de certos materiais pesados em suas fábricas, prejudicando até mesmo a saúde dos funcionários! Então, se esses produtos entram no Brasil sem ser feito um teste, você pode estar usando produtos tóxicos e corre o risco de ficar doente! Além de serem tóxicos ao meio ambiente caso você os jogue no lixo.

Nem sempre o barato é realmente barato. Vai sair caro pra alguém! Pode custar caro pra sua saúde ou pra natureza. Pode sair caro pro trabalhador de subemprego que o fabrica por demanda... Consumo consciente e ponderação na hora da compra precisa se tornar hábito.

Vale refletir se precisamos mesmo comprar um produto de origem desconhecida (e que pode haver similares nacionais como segunda opção) ou se estamos apenas satisfazendo uma vaidade passageira por modismo ou diferenciação. De repente, juntar dimdim e comprar o mais caro e "correto" te garante uma peça pra usar a vida toda, com saúde!


* cotação do dia que o post foi rascunhado. 

 

Acompanhe nossos links:
Pinterest  Google + Medium Facebook Instagram Bloglovin´  


23 de setembro de 2015

As peças unissex da coleção Stooge Skyfall (+ peças masculinas)

Em breve vem coleção nova da Stooge por aí, mas até lá, decidi fazer um post com dicas de peças masculinas, unissex e parzinho de vaso da Skyfall. Isso mesmo! Peças pra casais que gostam de andar combinandinhos por aí. Se vocês quiserem, pode ver um post sobre a coleção feminina aqui.

Mesma estampa em peças diferentes!


Ah, e vocês querem ganhar 10% de desconto? Então aproveitem e assinem a newsletter! O cupom é válido por 30 dias. Além disso ainda tem frete grátis via PAC. ;D

Já tinha um tempo que eu queria falar destas peças unissex da Stooge, não posso deixar de dizer pra vocês que lá no exterior tá rolando uma valorização de peças assim, inclusive o desfile recente de John Galliano é com esse foco. Então é necessário aproveitar e divulgar que uma loja alternativa brasileira já faz isso bem antes de virar trend lá fora!
Começo com a camiseta unissex black cat. Essa estampa de gato místico é muito bem feita, eu sei porque tenho uma e só tenho elogios a tecer à qualidade do material.


Nesta coleção a Stooge fez umas peças com essa cava largona, a minha do gato é assim também. Esse tipo de blusa aparece, no caso feminino, pra favorecer aqueles sutiãs mais elaborados, com renda ou ao estilo bralet que são como uns topzinhos. Pensando o quê? A marca tá atualizada até nas trends de lingerie. Tá vendo como uma coisa afeta a outra na hora de criar?


Minha última dica unissex é a calça mini skulls hearts que eu vejo como uma peça pra tanto andar de skate ou fazer alguma atividade física, já que é soltinha e permite movimentos, quanto pra fazer um estilo street mais despojado.


Fiz essa seleção das minhas Top 3, mas tem mais peças unissex no site, pra ver é só clicar aqui!

E agora abro um espacinho pra indicar algumas peças masculinas.
Começando com a camiseta boys panter´s fire:


E, como o calorzão já está por aí, além da camiseta boys Mr Pug separei duas regatas, a  boys coldness (adoro esta estampa da caveira congelada :D) e a boys my owl.

Lembrando que a Stooge é 100% fabricada no Brasil, cria (e não copia), valoriza nossos artistas de tatuagem (eles é que desenham as estampas) as peças são super bem feitas e sempre tem uns mimos pro cliente a cada compra! ;D


Acompanhe nossos links:
Pinterest  Google + Medium Facebook Instagram Bloglovin´  

Peças abaixo de 25€ na Queen of Darkness // Pieces Under 25€ at Queen of Darkness

O dólar alto tá dureza pra gente que curte marcas alternativas internacionais :(
Pensando nisso, tentei separar umas peças da Queen of Darkness que não são tão impossíveis assim! Reparando bem, estão o mesmo preço que algumas roupas superfaturadas que estão sendo vendidas em lojas de departamento...

The dollar are at high value for us, who enjoy international alternative brands :(
Thinking about it, I tried to separate some pieces from Queen of Darkness that even being in Euro are not as impossible as well! Some are the same price as overpriced clothes being sold in department stores...

Começando com...
Vinil! É difícil encotrar peças em vinil aqui no Br fora daquele jetão sex shop né?
Então aqui vai uma dica de um corselet por 18€ - Leather Look Corsage

Starting with ...
Vinyl! It is difficult to find parts on vinyl here in Brazil without being soooo "sex shop" stuff...
So here's a corset for 18€
- Leather Look Corsage


Um top que lembra underwear pode ser usado por baixo de blusas de tela ou mesmo sozinho, nas noites de verão. A blusa com ombros de fora é uma das tendência pro verão.

A top that resembles underwear can be worn underneath mesh blouses or alone on summer nights. The blouse with shoulders out is a trend for next year.



Bom, estas são as peças que acho que o custo benefício estão óthemos, porque não são apenas blusas, são blusas + mangas/luvas! Numa espécie de peça 2 em 1.

Well, these are the parts that I think the price is great because they are not just blouses, they are blouses + gloves! A 2 in 1 product! 



Sei que peças mais básicas tem em todo lugar. Mas por mais incrível que pareça, encontrar esse tipo de blusa preta com uns detalhezinhos em babados ou tecidos não é tão fácil assim num país que a moda privilegia as "tendença"...


I know that there are basic pieces everywhere. But as incredible as it seems, it's hard to find this kind of blouse around here, pieces which are black with "something else", like frills, details in fabric...

Shirt with ruffled bustline 19,90€ -  Halter top with big rings and pockets 12,90€ - Black Top with Layered Roses 14,00€



Separei estas duas peças para os rapazes!
I separated these two blouses for the boys!

 Tank Top with Print and Studs 10,00€ - Black top with grey skull printing 19,90€


É bem difícil encontrar saias mais estilosas góticas em lojas virtuais né? Ao menos eu, que só uso saias sinto isso... 

It is quite difficult to find more stylish Gothic skirts in virtual brazilian stores, right? Here some nice pieces:

E mais duas peças mais elaboradas, um corset e um casaco de tela! *_*

And two more elaborated pieces, a corset and a jacket with mesh and studs! *_*



Espero que tenham gostado das dicas! Em breve volto com mais dicas da Queen of Darkness

Hope you enjoyed the tips! Soon I come back with more suggestions from Queen of Darkness



Acompanhe nossos links:
Pinterest  Google + Medium Facebook Instagram Bloglovin´ 

21 de setembro de 2015

Os esqueletos em crochê de Caitlin McCormack

Há quem diga que não há nada mais a ser inventado, mas nunca diga isso quando se trata de Arte. A arte é a válvula de escape de mentes criativas que não conhecem os limites, possibilitando criar o surreal, o inimaginável. E foi com bastante surpresa que me deparei com os esqueletos em crochê da artista Caitlin McCormack. Por um segundo senti um arrepio porque alguns deles, olhando de relance, parecem macabros esqueletos reais, sombrios. Mas num olhar mais detalhado, o que me restou foi uma boca aberta e olhos atentos cheios de encantamento!


Tantos fogem do crochê por ser uma coisa "de vó" que supostamente não tem atrativo, mas outros enxergam ali, uma forma única de auto expressão. McCormack se formou na Universidade de Artes, na Filadélfia em 2010, com graduação em ilustração, mas seu olhar para os detalhes a fez trilhar os caminhos das agulhas e linhas de crochê da coleção de sua falecida avó.


Pra quem não sabe eu sou fissurada por esqueletos e caveiras, como eles protegem nossos órgãos e podem contar a história do homem, milênios depois destes terem vividos, ao serem escavados em sítios arqueológicos. As esculturas - que são vendidas em quadros ou redomas, lembram fósseis de estudos científicos.


Os pontos intrincados resultam em "criaturas" frágeis, belas, macabras e vindas de outros tempos. Ao cobrir o algodão com cola PVA, o tecido endurece e o resultado são obras que parecem mesmo feitas de ossos. 


Algumas obras parecem criaturas alienígenas, dinossauros  e até fantasmas assombrosos de algum conto de terror.
 
 

Quem compra os trabalhos de  Caitlin McCormack, pode optar por recebê-los assim, com moldura negra digna de ser exposta e admirada. Eu adoraria!



Acompanhe nossos links:
Pinterest  Google + Medium Facebook Instagram Bloglovin´ 

18 de setembro de 2015

Casamento Gótico: Morgan Le Fay e Milton James

Esse é um momento muito especial aqui no blog! Pela primeira vez vamos postar um casamento alternativo de nossos leitores!
Um tempo atrás a leitora Morgan Le Fay me enviou um email dizendo que era fã do blog e nos convidando para seu casamento, deixando aberto pra nós a possibilidade de postarmos sobre ele no blog! Adoramos a ideia e curtimos muito essa proximidade que o blog nos dá de fazer parte da vida dos nossos amados leitores! ♥

Créditos ao fotógrafo: Gustavo Scatena

 Morgan, lindíssima com seu buquê de joias, traje de inspiração gótico-vitoriana e maquiagem de referência pós punk

O casamento de Morgan e de Milton James teve temática dark e foi realizado no dia 12/09, na casa noturna Templo Club no bairro da Bela Vista em São Paulo numa cerimônia que resgatou elementos do passado e de Moda Alternativa, concretizando a realização do sonho do casal apreciador da subcultura gótica. 
Por ser um mês de clima agradável que possibilita utilização de certos tipos de roupas além dos preços mais acessíveis de locação de espaço e serviços, setembro tem conquistado casais, superando o mês de maio como o mês das noivas na cidade de São Paulo.  
O clima estava perfeito para ocasião, o tempo nublado proporcionou também aos padrinhos e convidados a possibilidade de entrarem no clima da festa com roupas escuras e elegantes. 

 Morgan na carruagem

Morgan é designer e maquiadora, e James, publicitário, professor, escritor e gestor de projetos sociais. Ambos estavam organizando a cerimônia desde o ano passado, que foi celebrada por um juiz de paz e acompanhada por cerca de 100 convidados, entre familiares e amigos dos noivos. 


Após a cerimônia do juiz, o casal celebrou o momento cantando More da banda The Sisters Of Mercy e Enjoy The Silence de Depeche Mode.


O vestido da noiva e a roupa do noivo tiveram inspiração no período vitoriano, no movimento pós punk da década de 1980 e, obviamente, a cor predominante na cerimônia foi a preta!
 
Os noivos na carruagem

A festa teve apresentação da Banda A, com espaço temático com ambientação de velas, castiçais, rosas e máquina de fumaça; no bolo, um casal de caveiras no topo se abraçando.


O casal se conheceu no Madame Satã, casa alternativa de São Paulo, há um ano. “Somos muito apaixonados um pelo outro, foi amor à primeira vista”, diz Le Fay.


A noiva usou vestido na cor vinho com detalhes em preto. A inspiração veio da personagem Mina do filme Drácula de Bram Stoker. Reparem na ótima sacada de ter a cauda do vestido removível para facilitar a movimentação na festa. O noivo usava um corset masculino sobre uma camisa branca clássica com terno de inspiração de modelos góticos da Europa.


Eu achei tudo lindo e fiquei muito feliz dos leitores quererem compartilhar com a gente este momento tão importante em suas vidas! ♥ 
O casal mostrou que é possível realizar um evento alternativo aqui no Brasil de uma cerimônia que em geral é tão tradicional. Com requinte, sofisticação e referências de subculturas!
Felicidades ao casal!



Acompanhe nossos links:
Google + Medium Facebook Instagram Bloglovin´ 

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover