.Moda de Subculturas - Moda e Cultura Alternativa.: Breve história do penteado Victory Roll e como fazê-lo (tutorial)

24 de janeiro de 2016

Breve história do penteado Victory Roll e como fazê-lo (tutorial)

Inspiradas pelo post da Bettie Bangs e por nossa paixão pelo retrô, nos empolgamos pra falar um pouco mais desta subcultura! Decidimos contar a história dos Victory Rolls seguido de tutoriais de como fazê-lo.




O Victory Roll já é um penteado bem difundido no meio alternativo. Foi resgatado pela moda retrô e se espalhou entre as subculturas. Com a popularização desta estética, impulsionada inclusive por Dita von Teese e o resgate do burlesco, hoje ele aparece também no mainstream.


Christina Aguilera, Katy Perry e Kyary Pamyu Pamyu 

Pitty e a cantora Kate Nash



Mas vamos à história!
Na II Guerra Mundial, enquanto os homens estavam no campo de batalha, as mulheres foram ao mercado de trabalho fazer serviços pesados em fábricas. Precisavam ter seus cabelos cortados num comprimento prático para não tê-los presos em máquinas e que só precisasse fazer a manutenção do corte a cada três meses. Na época, o penteado de Veronika Lake, chamado de peek-a-boo, que escondia o olho direito estava na moda. As mulheres demoravam um tempo imitando-a e ocasionalmente interrompiam seus trabalhos para ajeitar os fios.

Veronica Lake e seu penteado peek a boo, imitado pelas mulheres.

O governo americano então, lança um vídeo chamado "safety styles", estrelado pela própria Veronica, onde mostrava penteados seguros para as trabalhadoras, penteados que mantinham o glamour mesmo com a guerra e mantinham seus dois olhos "limpos"/livres e impediam os fios de ficarem presos em máquinas. Os estilos eram chamados de "Victory Style" e as curvas/rolls tinham a intenção de manter a feminilidade numa situação tão severa.





"Victory Roll" se refere simplesmente ao roll (rolo/cilindro) na frente da cabeça, enquanto o resto do cabelo pode ser penteado de várias maneiras.

Há contradições sobre de onde vem o nome, uma das explicações são as piruetas que os pilotos da II Guerra que, ao voltar da batalha após derrubar aviões inimigos, faziam um "victory roll" - algo como "espirais da vitória" com seus aviões no ar. O termo parece ter sido cunhado por moças patrióticas durante a década de 1940

A imagem Rosie the Riveter, "We can do it!" representava as mulheres que trabalharam em fábricas e navios durante a guerra. Por causa do cartaz, muitas decidiram trabalhar e provaram que podiam fazer "trabalhos masculinos". Se na década de 1940, o cartaz era usado como controle do governo, na década de 1980, a imagem é desconstruída pelas feministas e vira símbolo do poder econômico das mulheres. Abaixo, o cartaz e uma das trabalhadoras da época mostrando o muque, pois era comum as mulheres ficarem musculosas.  Tá aí a ligação do penteado com o feminismo.
Ambas usam Victory Rolls nos cabelos:


O penteado se caracteriza por uma forma de "túnel", quase cônica por dentro e normalmente feito no topo da cabeça ou nas laterais. 



Era necessário cobrir os cabelos para evitar o perigo das máquinas, assim, lenços ou turbantes são usados para estes fins. O victory roll frontal era o mais usado com estes acessórios funcionais.



Além das trabalhadoras de fábrica, foi adotado por atrizes como Betty Grable, Nancy Kelly e Rita Hayworth. Como o cinema influenciava muito as mulheres, esta foi uma das formas do governo difundir os safety styles.



Maybelline foi uma das marcas que faz uso publicitário do penteado.


Na cena alternativa
Os victory rolls aparecem em subculturas que resgatam a estética vintage, como a Rockabilly, a Psychobilly, a Gothabilly, além de fãs de retrô e das modelos estilo Pinup.
* Pin ups e as subculturas



Se muita gente hoje acha o estilo de Gwen Stefani glamouroso, o mais legal é saber que desde o começo da carreira a cantora já tinha um pezinho no retrô. Lá na década de 1990 ela já demonstrava interesse nos Victory Rolls e fazia uso mesmo não sendo algo comum entre as garotas do rock. 



Apesar da aparência glamourosa, são fáceis de fazer.
Para fazer o Victory Roll, o cabelo pode estar liso ou pré-ondulado - neste caso, fica mais fácil de manipular. Se seu cabelo é fino, pode previamente colocar bobs largos e grandes pra dar um pouco mais de volume.
Como a maioria dos penteados vintage, o ideal é que os cabelos não tenham sido lavados entre 24 e 48 horas antes, pois este fica menos escorregadio e mais maleável. No caso de oleosidade, talco ou shampoo seco podem ajudar.

Existem vários tutoriais no youtube, separei esse da Cherry Dollface



Dicas:
Em rostos redondos: o Victory Roll não pode estar com muito volume dos lados ou enrolado de forma solta, pois alargará o rosto. Você deve cria-los com mais volume no topo da cabeça.
Em rostos compridos: crie Rolls com volume nas laterais e não tanto no topo da cabeça pra evitar alongar ainda mais o rosto.
Em testas grandes: faça Victory Rolls com "franja" enrolada.
Se você tem franja: você pode curvar a franja no formato dos rolls ou manter a franja para baixo (o estilo Bettie Bangs) ou de lado com Rolls nas laterais.

E pra quem pensa que victory rolls é penteado "de branca" (sim, já vi isso por aí!!). A própria história mostra que não: O penteado foi criado pras mulheres trabalharem em segurança, independente da cor de pele delas.  Uma prova: as trabalhadoras abaixo, na época da guerra.


Dolly Vicious, Bella Nightmare e Tammy Savoy


Angelique Noire é uma das pinups de maior destaque atualmente: 


Abaixo, Angelique mostra como fazer os Victory Rolls em cabelo afro.




O Falso Victory Roll (the Faux Victory Roll) é uma versão simplificada do Victory Roll original. Reproduzindo o formato, pode ser usado pra criar um pouco de curva e textura no cabelo. Ele é bom pra quem ainda tá começando a treinar/fazer penteados vintage.
Você separa as laterais do cabelo, joga spray, escova, puxa-os para trás formando uma leve curva e prende-os, finalizando com alguma presilha.

Faux Victory Rolls na década de 1940.

Faux Victory Rolls atualmente: Tutorial 1 e Tutorial 2


Vamos praticar? Quem fizer (ou quem já fez) Victory Roll pode publicar foto e marcar a gente no face ou no Instagram:
@modadesubculturas
#modadesubculturas



Acompanhe nossas mídias sociais:
Instagram Facebook Tumblr Pinterest  Google +   



Artigo das autoras do Moda de Subculturas. Para usar trechos do texto como referência em seus sites ou trabalhos, linke o artigo do blog como respeito ao direito autoral do nosso trabalho (lei nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998). Tentamos trazer o máximo de informações para os leitores até a presente data da publicação. Todas as montagens de imagens foram feitas por nós.
  • 9Blogger Comment
  • Google+ Comment
  • Facebook Comment
  • Disqus Comment

9 Comments

  1. Que lindo! Uso sempre o falso victory rolls no dia-a-dia! Fica arrumado e não dá trabalho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tento fazer o faux mas tenho pouco cabelo e fica mirradinho. rsrs
      Em você fica super bem! :D

      Excluir
  2. Interessante a história por detrás do penteado.
    E acho lindo em todas as etnias, esta coisa de só mulher caucasiana usar é tão bobo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todas as mulheres podem usar né, Vívien!
      Tão chato pessoas limitando o que o outro deve ou não deve fazer...
      A história é bem interessante mesmo e legal tb que foi desconstruído, relido... :)

      Excluir
  3. Sou frustrada por nunca conseguir fazer, ja assisti n tutoriais e nunca da certo :/ acho tao lindo, e a historia por tras deles deixa tudo ainda mais interessantes, mas continuarei treinando e um dia sai huehueh

    ResponderExcluir
  4. Nossa, parabéns pela postagem, aliás, parabéns pelo blog!!
    Excelentes pesquisas visuais e históricas!! Muito bom mesmo!!

    ResponderExcluir
  5. Eu acho lindooo esse penteado! Mas sou uma negação pra mexer com cabelos.. nem trança eu consigo fazer... hsuahsuahs
    Mas depois vou assistir aos tutoriais e tentar reproduzir em casa. Se der certo eu tiro foto ^^
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar! As respostas serão dadas aqui mesmo, então não esquece de clicar no botão "notifique-me" pra ser informada.

comments powered by Disqus

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover