.Moda de Subculturas - Moda e Cultura Alternativa.: O mangá Nana (de Ai Yazawa), Vivienne Westwood e o Punk

8 de abril de 2016

O mangá Nana (de Ai Yazawa), Vivienne Westwood e o Punk

O post de hoje pode ser direcionado às Otomes (meninas que curtem mangás), assim como aos admiradores da Vivienne Westwood e do punk. Mas como a estilista se interliga de forma tão importante aos seguidores de Harajaku, dos mangás e do conteúdo asiático? E o que uma quadrinista de mangá pode nos oferecer de tão grandioso?
*Guest Post de Malú Mairy
 
NANA manga


A japonesa Ai Yazawa é uma Mangaká (quadrinista de mangás) e amante da subcultura punk. Isso é tão nítido, que posso citar várias obras dela que sem dúvida vão abordar elementos de moda alternativa. O mangá ParaKiss (Paradase Kiss) por exemplo, desenvolve-se num ambiente completamente exposto de moda, onde mostra tanto o cenário punk, o gothic lolita, quanto o mundo das Drag Queens que, curiosamente, se passa em uma escola de moda! O enredo é desenvolvido em cima de personagens que precisam de uma modelo para protagonizar uma campanha com fortes inspirações no punk (uma coleção de ateliê que necessita ser apresentada no TCC da escola de moda).



Além dele, em seu mais recente trabalho, Yazawa fez parceria com a fabulosa Courtney Love. O roteiro não é dela (Yazawa), mas podemos desfrutar de seu design nos personagens da obra. Temos um mangá maravilhoso com todos os seus traços, da qual a publicação leva o nome de "Princess Ai" e foi lançado entre 2004-2006 contando a história de uma princesa que veio de outro mundo e acabou parando na Terra, mais especificamente no Japão. O mangá contém 3 volumes e é de co-autoria de Courtney Love, Ai Yazawa, Misaho Kujiradou e Stu Levy.


Agora, a parceria de amor entre Ai Yazawa e a nossa mamãe punk Vivienne Westwood!
Em seu trabalho mais popular, NANA-mangá josei/shoujo (josei é um gênero adulto/shoujo é um gênero direcionado à meninas) lançado no ano de 2000, Vivienne é basicamente a inspiração principal na indumentária da Nana Osaki (protagonista da obra), porém, posso dizer que todos personagens do mangá tem um pouco dela.

Sinopse do anime/mangá NANA: 
Duas garotas chamadas Nana se encontram em um trem rumo a Tóquio por acaso. Depois de uma série de coincidências, elas acabam vivendo juntas em um apartamento de número 707 ("nana" significa "sete" em japonês). Apesar de terem personalidades e ideais diferentes, as duas acabam se tornando amigas "por obra do destino".

Figurino do desenho inspirado nas criações da estilista 


É impossível não notar referências da designer, é tão forte que um dos arcos importantes da história mostra claramente o símbolo da sua marca, que aparece no isqueiro de Shin (um dos personagens coadjuvantes que toca na banda punk da Osaki), e também surgindo várias vezes em seu arco com a Reira (vocalista de outra banda punk em que um de seus integrantes é o ex companheiro da Osaki, "ren").



Uma das melhores cenas do mangá é quando as "NANAS" se conhecem. A Nana Komatsu está indo para Tóquio atrás de seu amor que passou na faculdade de artes, e ao entrar no trem bala - praticamente lotado - avista um assento vazio em que uma mulher com aparência de um "ídolo do rock", de cílios longos, está sentada. Esse lugar vago é ao lado da outra Nana (Osaki), e ambas só descobrem seus nomes similares depois de muita conversa jogada fora, é então que a Komatsu nota o famoso anel da Vivienne e cria um diálogo superbacana em volta da estilista.

trem

A história pega tanta influencia na cultura alternativa que o casal mais famoso do mangá segue fortes inspirações em Sid e Nancy, onde ligeiramente criam-se cenas em que ambos citam o "amor louco" do polêmico casal. 
E por falar em "Nana e Ren" (Nana Osaki e Ren Honjo) - casal da foto acima - é impossível não citar a indumentária dele! A primeira coisa que podemos notar, além de seu cabelo punk "Sid Vicious", é seu colar cadeado. O acessório virou uma sensação entre os fãs do mangá na época. Tornou-se raro encontrá-lo e nem sempre seus preços são acessíveis. O cadeado é estampado com um R de ren (lótus em japonês), e foi-lhe dado como presente/laço de amor pela Osaki. É outro arco muito bacana entre os dois que vale a pena ser conferido tanto no mangá quanto no anime, e não só pela inspiração "Sid Vicious" mas pelo amor que se cria em volta dos personagens.

sid vicious

Sobre a linda parceria entre Vivienne + Yazawa, nada mais justo do que citarmos o famoso "Rocking Horse Ballerina". Pensou que era um ícone à toa para os japoneses? A famosa sandália assinada por Vivienne é um item ESSENCIAL para a vestimenta da Nana Osaki, ela usa em vários momentos e ele é sempre apresentado como um forte adereço em seus looks. O calçado é tão icônico da personagem, que quando a Melissa decidiu trazer para o Brasil em homenagem aos seus 30 anos, o público que mais comemorou foi justamente os fãs do mangá! (e eu, claro.)

rocking horse ballerina

Se interessou e ficou curioso pra conferir essa união mais a fundo? É possível encontrar os mangás em várias bancas/livrarias de todo o país, e ele está em seu 21° volume. O anime chegou a ser publicado até seu 47° episódio e encerrou-se por aí. É que para nossa infelicidade, tanto o anime quanto o mangá, foram paralisados por conta de problemas de saúde da Ai Yazawa. Enquanto exaltamos todo o seu legado e contribuição para o cenário punk mundial, ficaremos na torcida por sua recuperação! Mas a notícia boa é que temos essa maravilhosa parceria da Vivienne + Melissa trazendo a Rocking Horse Ballerina para nos aproximar um pouquinho das NANA's!
Com todo esse currículo, já podemos eleger a Ai Yazawa como a mangaká queridinha dos punks, não é?




Imagens: reprodução
Artigo Guest Post de Malú Mairy para o Moda de Subculturas. É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo aqui presente sem autorização prévia. Plágios serão notificados a serem retirados do ar. Para usar trechos do texto como referência em seus sites ou trabalhos, linke o artigo do blog como respeito ao direito autoral do nosso trabalho (lei nº 9.610). Compartilhar e divulgar é permitido, sendo esta a forma mais justa de reconhecer e agradecer nosso trabalho.


Acompanhe nossas mídias sociais:
Instagram ☠ Facebook ☠ Tumblr Pinterest  ☠ Google +   

  • 10Blogger Comment
  • Google+ Comment
  • Facebook Comment
  • Disqus Comment

10 Comments

  1. Simplesmente perfeito , a Vivienne com punk e Nana <3 desejando ardentemente todas as peças kkk .O bom de ser Designer de Moda é isso você pega algo e transforma em uma coleção inteira no futuro ainda quero fazer uma coleção inspirada em Paradise Kiss, porque sim <3 .Amei a matéria pura nostalgia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é que o mais legal da moda, Joelma! <3

      Excluir
    2. Joelma! é o meu sonho criar uma coleção inspirada em ParaKiss também!! Inclusive um dos motivos de pintar o meu cabelo de rosa foi pela Miwako haha <3

      Excluir
  2. Eu tô emocionada de ler esse post. Nana é meu mangá/anime favorito. Foi amor a primeira vista. Fico re-assistindo e re-lendo e chorando pela pausa... Foi por causa de Nana que eu descobri quem era Vivienne Westwood e desde então me apaixonei.
    E paradise kiss fica em terceiro ou quarto lugar no meu coração. Só pra constar e podendo parecer estranho, minha personagem preferida é a Miwako. Kkkkkkkkk
    Amei essa matéria, me trouxe lembranças da minha adolescência. Kkkkkk
    Beijão.

    www.creepybeauty.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Suelen! Ficamos felizes por trazer boas lembranças a vc! :D

      Excluir
    2. Suelen eu já não consigo ficar assistindo mais o anime(nana) tanto quanto eu o via antes, me dá um aperto!! sempre choro, impossível não me emocionar! E somos TeamMiwako então!(até pintei o meu cabelo de rosa por causa dela haha) Mas é maravilhoso ver que outras pessoas além de mim nutre um amorzinho por essa obra <3 ela é tão perfeita!(todas)

      Excluir
  3. Olá!
    Amei a matéria. Nana é um dos meus animes/mangás favoritos e já me passou pela mente o site abordar a obra - entre outras da Ai Yazawa - graças a grande influência punk na mesma. É quando entro hoje no site, me deparo com essa bela matéria!! É muita emoção!! Meus parabéns por uma matéria tão linda que nem essa, Moda de Subculturas!!!

    ResponderExcluir
  4. :D Nana Osaki = S2 Eu gosto muito do anime e existem também 2 filmes e neles ver o figurino é incrível pois é fiel ao do anime e são todos maravilhosos, de todos os personagens. Com exceção do couro que é presente nas jaquetas e sapatos que a Nana usa, eu usaria qualquer uma destas roupas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu pensei em citar os filmes, porém acho que de "fiel" e que ela esteve mais presente(Yazawa) foram só o anime e o mangá mesmo. e o filme é basicamente a releitura do anime então achei mais bacana citar os dois, Porém o filme também é amor, e numa próxima quem sabe, eu já adiciono eles! Bem lembrado!

      Excluir
  5. Amo a Ai Yazawa, ela também é autora do mangá D gray-man e infelizmente paralisou este pelos mesmos problemas de saúde. Saber de sua paixão pela Westwood, certamente só aumentou meu amor. Vou procurar por este mangá, pode ser uma leitura interessante.

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar! As respostas serão dadas aqui mesmo, então não esquece de clicar no botão "notifique-me" pra ser informada.

comments powered by Disqus
Pin It button on image hover