.Moda de Subculturas - Moda e Cultura Alternativa.: Punk Inglês 1976 - 1979 │A estética das meninas do Punk (fotos)

6 de outubro de 2016

Punk Inglês 1976 - 1979 │A estética das meninas do Punk (fotos)

Com foco em análise e descrição de imagens, esse post aborda a estética das meninas da cena Punk inglesa de 1976 a 1979, sendo uma continuação do post anterior (A Moda da "única e verdadeira época punk")

Se você chegou agora, sugiro antes ou depois de ler este ar
tigo ler também os listados abaixo pois todos juntos contam um pouco da história do Punk de 1976 a 1979:


Garotas punks: cabelos curtos, maquiagem cat eye, gargantilhas, alfinetes, correntes...

Sobre a suástica: os pais e avós dos punks foram os que viveram a II guerra mundial. Os punks contestavam aquela geração careta, o uso do símbolo era uma provocação, choque, "uma forma de demonstrar-se entediados com os pais falando de Hitler o tempo todo" - declarou Siouxsie.

 
O cat eye exagerado foi uma maquiagem originalmente punk. Algumas pessoas veem fotos da época e dizem que é maquiagem "pós-punk". Isso não faz sentido já que o pós-punk, como o próprio nome diz, veio depois do Punk. Então esse make, colorido, rabiscado, puxado, sem sobrancelha/sobrancelha redesenhada é punk e depois se estendeu ao pós-punk e ao gótico (que desenvolveram suas próprias versões). A estética punk foi algo tão impactante que influenciou fortemente outras subculturas sendo muito importante em termos de criatividade, tanto que até hoje reproduzimos o que eles usavam!



 


Há quem diga que cabelos curtos não permitem penteados elaborados ou diferentes. Deve ser porque eles não conhecem as meninas Punks de 76-79! :D


O vídeo de Liisa Ladouceur sobre os 40 anos do estilo gótico teve repercussão nacional e internacional, o look punk daquele vídeo foi muito criticado por "não ter moicano e coturno". Mas a garota punk do vídeo de Ladouceur está correta, ela se inspirou nas garotas de 1976 como o próprio vídeo indicava. A subcultura gótica tem parte de sua origem na subcultura punk. Em 1976, minissaia e salto alto eram parte do look das garotas punks originais. E essa falta de informação não é só nossa, muita gente do exterior revelou não saber disso, o que demonstra que a informação histórica sobre a moda das subculturas existe mas por algum motivo não chega a todos.

Todas as meninas usando saltos. Os looks variam entre uso de minissaia (super comum) e calças tanto baggy quanto mais ajustadas. Blusas de tela e meia arrastão usada com as saias ou com calcinhas por cima. Couro em jaquetas e blazers com bottons, gargantilhas, gravatas, maquiagem cat eye, cabelos curtos e/ou armados.
Cintos com studs, decotes profundos, tornozeleiras e cabelos arrepiados.
Observem na foto central abaixo, com 3 garotas, que a menina da esquerda usa salto com spikes, a do centro uma sandália que se assemelha a Melissa e a da direita, sandália com meia.
  
®Derek Ridgers

Além dos elementos citados na imagem acima, saias com fendas também eram habituais.
Look de blusa/camisa, com gravata, saia curta, meia e salto, é a estética punk feminina que se perdeu com o tempo. Uma estética semelhante, sem a gravata e sem a camisa, foi usada pelas meninas do Hard Rock oitentista.
Mas pra gente analisar referências: a cantora Avril Lavigne, vendida como "pop-punk" usava uma gravatinha.


1.® Jim Jocoy

Blazers soltos ou acinturados, casacos, xadrez, gravata e cabelos curtos com penteados diversos...mas o olho sempre no estilo gatinho!



Mais penteados diversos e maquiagens... 
Jaquetas , studs, bottons, correntes e estampas de bicho.
Numa determinada época, podemos notar os indícios de uma tendência ao surgimento do moicano (cristas no centro ou lateral) na cena, como na foto à esquerda.
2.®Derek Ridgers

Garotas se divertindo nos clubes! Apenas underwear, muita cinta liga, tricô arrastão, correntes, colares e gravatas!


Siouxsie em alguns momentos. Na primeira foto usa um baby doll; o rapaz que está com ela usa tela arrastão e calça baggy; a seguir, dança em show dos Pistols com os seios à mostra e vestindo apenas lingerie/harness. Embaixo usando visuais mais masculinos com calça, blazer e gravata. 


Nina Hagen usa peças em couro, minissaia e meia arrastão, sua jaqueta tem patches e escritos. Olhos pintados de preto. 



Polly Styrene da X-Ray-Spex: peças em tecidos plásticos, meia calça e salto.



Pauline Murray no clube The Vortex e Toya Willcox que também foi punk! Citamos ela [aqui] também.

1.®Derek Ridgers

 Alguns looks bem variados de Jordan, vendedora das lojas de Vivienne Westwood. Destaque para a maquiagem nos olhos bem marcados.


The Slits [aqui] e dois looks comuns na época: camiseta detonada (a da esquerda criação de Vivienne Westwood para SEX) e minissaia com jaqueta, animal print e meia arrastão.


Como podemos ver, as garotas punks tinham muito estilo! Vários elementos que elas usavam ainda são vistos hoje em outras subculturas ou na moda alternativa num geral. A frase "Punk is not dead" (Punk não está morto) faz sentido até quando se trata da estética!

Espero que tenham gostado dessa sequência de artigos em homenagem aos 40 anos do Punk e não deixem de comentar e espalhar por aí! Acompanhem o blog em nossas redes sociais, tem mais coisa em homenagem ao Punk vindo por aí :)



Devido à recorrentes plágios de nossos artigos na internet, pedimos que leiam e fiquem cientes dos direitos autorais abaixo:
Artigo das autoras do Moda de Subculturas. É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo aqui presente sem autorização prévia. É proibido também a cópia da ideia, contexto e formato de artigo. Plágios serão notificados a serem retirados do ar (lei nº 9.610). É permitido usar trechos do texto como referência em seus sites ou trabalhos, para isso precisa obrigatoriamente linkar o artigo do blog como fonte. Compartilhar e linkar é permitido, sendo formas justas de reconhecer nosso trabalho. As fotos pertencem à seus respectivos donos, porém, a seleção e as montagens de imagens foram feitas por nós baseadas no contexto dos textos.

Acompanhe nossas mídias sociais:


  • 2Blogger Comment
  • Google+ Comment
  • Facebook Comment
  • Disqus Comment

2 Comments

  1. O punk rompeu com tudo mesmo: estética visual, musical e comportamental. Ver essas fotos me lembrou quando comecei ater conhecimento dos primórdios dessa cultura que me ensina tanto até hoje. Ver essas meninas me dava auto confiança para ser quem que quiser e me expressar do modo que eu quiser. Obrigada por me fazer relembrar disso.

    Sobre o vídeo dos 40 anos do estilo gótico eu não sabia que a galera não tinha pego a referência punk do vídeo já que essa foi a parte que mais me encantou :D pois a garota que fez o vídeo realmente pegou desde o começo. Achei lindo ^^


    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade! O punk é um divisor de águas tanto na história da cultura dominante quanto na história das subculturas. Eu também aprendo com o punk todos os dias e sempre me surpreendo com o vanguardismo deles, não tem como não amar!
      Que bom que o post te trouxe ótimas memórias, é maravilhoso quando a gente volta a ter aquele brilho no olhar sobre algo que faz bem pra gente ♥

      Sim, muita gente não se ligou na data do look no vídeo da Lisa Ladoucer, que era 1976, teve muita afobação, polêmicas... Eu demorei uns 3 dias pra entender e absorver o conceito dele e teve gente que assistia e na mesma hora já julgava! Eu preciso ter aquele tempo pra absorver uma ideia, as referências... Fiquei até com pena da Lisa, foi tão julgada... e ela é muito competente nos trabalhos que realiza. Estando na cena gótica desde o início, ela com certeza sabe da importância do Punk! :)

      Excluir

Obrigada por comentar! As respostas serão dadas aqui mesmo, então não esquece de clicar no botão "notifique-me" pra ser informada.

comments powered by Disqus

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover