.Moda de Subculturas - Moda e Cultura Alternativa.: 40 anos do Estilo Gótico: quais modelos de calçados foram usados?

24 de maio de 2017

40 anos do Estilo Gótico: quais modelos de calçados foram usados?


Pikes, plataformas, coturnos, creepers e saltos altíssimos foram alguns dos calçados diferenciados usados pelos góticos nos 40 anos de existência da subcultura. Chegou a vez de analisar mais um video de Liisa Ladouceur sobre a evolução da vestimenta gótica feminina!


Liisa Ladouceur é autora de livros como Encyclopedia Gothica e How to Kill a Vampire, além de escrever sobre cultura para revistas e jornais e prestar consultoria sobre música. Reside em Toronto no Canadá, é gótica na vida real e está fazendo uma série de documentários sobre os "40 anos do estilo gótico" que você pode ver o vídeo sobre a moda gótica feminina aqui e o da moda masculina aqui.
 
Segue o novo vídeo sobre calçados femininos:




Diferente dos outros vídeos, neste, Ladouceur colocou a data gigante na tela, isso porque especialmente no primeiro vídeo (de moda feminina) muitas pessoas não notaram a data no canto da tela e julgaram o trabalho dela de uma forma absurda não observando uma linha do tempo. 
Na descrição do vídeo, a autora colocou a lista de calçados. É importante dizer que assim como com as roupas, a autora fez uma pesquisa histórica antes e tentou achar os calçados originais da época (em brechós) ou modelos atuais retrô ou muito semelhantes, num comentário ela diz que não encontrou um modelo com a personagem Emily Strange, muito comum no começo da década de 2000, portanto mesmo muito comum na época, a peça não aparece no vídeo. Vamos à eles: 

1980s
1. Patent skull winklepicker boots by http://goth-pikes.com/
2. Vintage 8-hole Doc Martens style 1460
3. Vintage suede granny boots, brand unknown
4. Red creepers by John Fluevog
5. Vintage patent '80s heels
6. Classic winklepickers by the Gothic Shoe Company

O uso de scarpin pelas góticas não é tão comum hoje em dia nem pra quem adota um visual gótico retrô, assim como as meias calças coloridas. Outro ponto é a adoção de botinhas de inspiração vitoriana e claro, os coturnos super gastos de tanto usar no dia a dia. Os classic winklepickers  da Gothic Shoe Company, vocês podem conferir neste post que fizemos da marca.


1990s
1. New Rock motorcycle boots
2. New Rock heel boots
3. Patent Munster-style knock-offs
4. Demonia platform Mary Janes
5. 14-hole vegan Doc Martens in Oxblood
6. 8-hole Blue velvet Doc Martens
7. Tank Girl combat boots
8. Silver heel patent platforms
9. Stretch velvet knee-high boots
10. The glorious "Grand National" boot by John Fluevog

Na década de 1990 é observável a popularização das plataformas e das botas de cano longo e saltos altos assim como a adoção de marcas como Demonia e New Rock. Todas estas peças bastante adornadas, seja com amarrações, fivelas ou detalhes em metal. Entra aqui uma peça que adoramos: o sapato boneca. Os coturnos em diversos formatos nunca saem de cena. Repararam nas meias listradas e franzidas em cima das botinas?

2000s
1. Demonia Platform Boots with Straps
2. Transmuter Boots (with and without funfur)
3. Swear shoes
4. Mary Janes
5. "Rocking Horse" shoes by Vivienne Westwood
6. "Kitty Face" Mary Janes by Anarchy by T.U.K.
7. "X-Ray" skeleton ballerina flats by Funtasma
8. "Iris" platform ankle strap sandals by Ellie Shoes
9. "Teaze" red cheetah print platform heels by Bordello
10. "Stack" platform boots by Demonia
11. Strappy Wedges by Y.U.K.

Na virada para os anos 2000, o salto anabela faz uma aparição já nos chamando a atenção nesta década para a variedade de modelos adotados. O tamanho das plataformas aumenta imensamente e ganha adornos; os canos das botas também se diversificam apresentando pêlos e texturas. O sapato boneca ganha influência da estética Lolita junto com a sandália Rocking Horse de Vivienne Westwood. Entram em cena também o sapato boneca sem salto com estampa de gatinho e a sapatilha; ao mesmo tempo que os saltos fetichistas e os pumps retrôs (muito usados pelas pinups) também são adotados pelas góticas.

2010s
1. "Lita" spiked boots by Jeffrey Campbell
2. "Zombie Stomer" platform heels by Iron Fist
3. "Swing 185" knee-high boots by Demonia
4. "Nightwalk" suede heels by Jeffrey Campbell
5. "Anglomania Lady Dragon Skull" slingbacks by Vivienne Westwood for Melissa
6. "Rockefeller" bootie by United Nude
7. "Stetchen" vegan buckle boot by Hades
8. "Kera-21" vegan pink ankle boot by Demonia
9. Velvet wedge creepers by T.U.K.
10. "Poison 25-2" hologram caged bootie by Demonia
11. "Night Stalker" bat heels by Iron Fist

Na década de 2010 a diversidade calçadista permanece embora marcas tradicionais como Demonia continuem presentes. É observável a adoção de grifes como Jeffrey Campbell e sua Lita Boots que veio das Hipsters, Hades e Melissa (me surpreendi de ver o modelo Lady Dragon Skull ali). A Iron Fist entra com as cores de seu clássico Zombie Stomper  e os calçados sem salto ou com saltos diferenciados dividem espaço com o pastel goth cor de rosa e o holográfico que é a moda do momento. E claro, como não lembrar dos Bat Shoes?


Agora é aguardar os blogueiros e youtubers góticos fazerem suas análises. Acredito que não será tão criticada quanto nos vídeos anteriores pois agora todos já devem ter compreendido a abordagem ampla que Liisa Ladouceur faz sobre moda.
Ah gente, muito importante: a Liisa pede que não façam download do vídeo e upem  suas páginas e sim, que compartilhem o link original. Assim como nós, ela produz o conteúdo de forma independente e nada mais do que justo respeitar o direito autoral dos vídeos dela, certo? ;)

Digam o que acharam do vídeo e da escolha dos calçados! :D



Acompanhe nossas mídias sociais: 

Pedimos que leiam e fiquem cientes dos direitos autorais abaixo:
Artigo das autoras do Moda de Subculturas.
É permitido usar trechos do texto como referência em seus sites ou trabalhos, para isso precisa obrigatoriamente linkar o artigo do blog como fonte. Compartilhar e linkar é permitido, sendo formas justas de reconhecer nosso trabalho. É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo aqui presente sem autorização prévia. É proibido também a cópia da ideia, contexto e formato de artigo. Plágios serão notificados a serem retirados do ar (lei nº 9.610). As fotos pertencem à seus respectivos donos, porém, a seleção e as montagens de imagens foram feitas por nós baseadas no contexto dos textos.

  • 6Blogger Comment
  • Google+ Comment
  • Facebook Comment
  • Disqus Comment

6 Comments

  1. Um mais lindo que o outro! <3 Queria vários...mas né? Não dá $$$. hahaha
    Adorei o vídeo. :)

    *

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem fala!! Uma coleção assim exige muita dedicação e muitos $$$, mas é pra vida toda :D

      Excluir
  2. Ahhh já tava na espera por esse review <3 Acho que pra ficar 101% completo, só faltou citar o revival das pikes nos anos 2010's hahaha mas gostei bastante das escolhas dela, seguindo bem a sequencia lógica do 1º vídeo.
    bjooo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também adorei a pesquisa dela! Achei super certinho, até a adoção do holográfico já tá ali! *_*

      Excluir
  3. Hey!

    Caraca! *O*
    É tão bom ver vídeos assim! Dá até uma nostalgia. Coturnos, afivelados e com spikes. A pouco tempo achei lojas online que trabalham com esse calçados diferenciados. Uma pena que aqui em Brasília ainda não temos uma loja física com esses calçados, claro que hoje eu já acho coturnos, creepers e botas de salto. Adoro os com saltos! *-*

    Até mais! O/
    Karolini Barbara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Karolini! É verdade, ultimamente tem aparecido opções nacionais de vários calçados tradicionais/clássicos embora ainda não seja abrangente no país todo. Tomara que essas disponibilidade só aumente!
      Bjs e obrigada por comentar! ♥

      Excluir

Obrigada por comentar! As respostas serão dadas aqui mesmo, então não esquece de clicar no botão "notifique-me" pra ser informada.

comments powered by Disqus

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover