.Moda de Subculturas - Moda e Cultura Alternativa.: A Princesa Rebelde: 15 looks de Lady Diana que poderiam estar nos armários das meninas góticas e das que amam moda retrô!

31 de agosto de 2017

A Princesa Rebelde: 15 looks de Lady Diana que poderiam estar nos armários das meninas góticas e das que amam moda retrô!

Lady Diana é conhecida até hoje como "A Princesa Rebelde". Neste post vamos mostrar que o mainstream e o alternativo andam lado a lado quando menos esperamos! As roupas volumosas dos anos 1980 ou vestidos pretos dos anos 1990, poderiam estar nos guardarroupas de góticas românticas ou meninas que amam o retrô. Diana foi aos poucos descobrindo o seu Girl Power interior e sacudindo a família real britânica. Há exatos 20 anos de sua morte, homenageamos a princesa que como vários alternativos, quebrou diversos protocolos.

Lady Di é lembrada como uma princesa tímida e infeliz no casamento, porém o que chama a atenção para nós é a forma rebelde com que ela usava as vestimentas. Foi com ela que a profissão de paparazzi se tornou mundialmente conhecida. Mas a princesa não queria ser vista somente como uma fashionista e num golpe de mestre passa a usar a moda para chamar a atenção de causas que se engajava, dando visibilidade aos eventos sociais.

Vestido que lembra a Malévola e com cores preferidas das góticas: preto e roxo.
purple-dress-cross

E não é que são parecidos? :D

A princesa queria uma vida fora dos palácios, ser vista e ouvida, e isso era um problema, mas ela não se calou. Quando abraçou a causa do HIV, o palácio desaprovou na hora. Mas a princesa contrariou e seguiu. Apertava as mãos de pacientes com AIDS, um ato que na época provocava choque, pois a sociedade ainda temia as possíveis formas de contaminação da doença.

A princesa foi "punk" usando uma luva de cada cor. Será que seu choker tem um morceguinho? ;D
vestido-vermelho-preto

Preto e vermelho na moda gótica.

Devido à textura, veludo era o tecido favorito para visitar hospitais para cegos. Bijuteria era usada em visitas à hospitais infantis, assim as crianças podiam brincar à vontade com seus acessórios. As luvas eram deliberadamente retiradas ao apertar a mão dos doentes (retirar as luvas era proibido aos membros da família real).

A moda alternativa atual ama a dramaticidade e sofisticação do veludo, Lady Di também adorava o tecido, fosse num modelito mais barroco ou em um mais romântico.
vestidos-veludo-azul dress-velvet-blue-lace

Tons de azul, rendas e saias volumosas na moda gótica.

E não podiam faltar os maravilhosos vestidos pretos! 
Diana já começou quebrando o protocolo em seu noivado vestindo a cor preta (na realeza, cor do luto) num vestido tomara que caia (a regra era ela usar um vestido todo fechadinho e comportado), vestindo novamente a cor no anúncio de seu divórcio. 

Aliás, se você é formanda e tem pavor daqueles vestidos comuns, olha quantas ideias os vestidos da Princesa de Gales podem lhe proporcionar! 
 black-dresses

Não fosse tudo isso suficiente, ela ainda usou smoking e ternos em visuais andróginos, com direito à gravata e scarpin vermelho!! E causou! Merece também o título de princesa mais cool!


Quando visitava um país, usava roupas com cores da bandeira local (aqui um dos trajes de sua visita ao Brasil), atitude imitada hoje por Kate Middleton e até mesmo pela ex-primeira dama americana Michelle Obama.

Já era closeira antes de todo mundo!


Blusinha de alça cruzada e vestido com detalhe em tule...
tem peças parecidas em lojas alternativas atuais <3
minimalism-90s

Foi a primeira mulher da realeza britânica a ser fotografada usando calças em eventos noturnos; usava saias consideradas curtas para sua posição social e deixou-se fotografar usando trajes de banho!

Será que Diana vai se tornar um ícone de estilo da subcultura retrô?
80S-RETRO-STYLE

Olha só quantas peças semelhantes!! :D

Com a morte de Diana, a família real britânica percebeu que precisava se modernizar, que era necessário estar próximo ao público e talvez amenizar algumas tradições. Diana certa vez disse que não queria ser a Rainha da Inglaterra e sim a Rainha no coração das pessoas. Ela falou publicamente sobre suas desordens alimentares e problemas de depressão, sem medo de desafiar as regras rígidas da nobreza. E como uma boa rebelde, a Princesa deixou sua marca na história usando a moda como chamariz de problemas sociais que precisavam de visibilidade.


*consideramos os terninhos 1 look só.


Acompanhe nossas mídias sociais: 

Pedimos que leiam e fiquem cientes dos direitos autorais abaixo:
Artigo das autoras do Moda de Subculturas.
É permitido usar trechos do texto como referência em seus sites ou trabalhos, para isso precisa obrigatoriamente linkar o artigo do blog como fonte. Compartilhar e linkar é permitido, sendo formas justas de reconhecer nosso trabalho. É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo aqui presente sem autorização prévia. É proibido também a cópia da ideia, contexto e formato de artigo. Plágios serão notificados a serem retirados do ar (lei nº 9.610). As fotos pertencem à seus respectivos donos, porém, a seleção e as montagens de imagens foram feitas por nós baseadas no contexto dos textos.

  • 6Blogger Comment
  • Google+ Comment
  • Facebook Comment
  • Disqus Comment

6 Comments

  1. Minha nossa! Mulher que me inspira! GIRL POWER O/

    Até mais! O/
    Karolini Barbara

    ResponderExcluir
  2. Eu cresci, ouvindo a admiração da minha mãe, pela Princesa Diana. Simplesmente, AMEI! ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Marcella! A Diana realmente era incomum para os padrões da nobreza :D

      Excluir
  3. Me lembro das Claudias dos anos 90, só dava ela! Diva!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A mídia era apaixonada por ela! Tímida, mas super carismática! <3

      Excluir

Obrigada por comentar! As respostas serão dadas aqui mesmo, então não esquece de clicar no botão "notifique-me" pra ser informada.

comments powered by Disqus
Pin It button on image hover