Destaques

18 de novembro de 2018

O excêntrico solado anabela com plataforma está de volta (pata de bode)

Há algum um tempo temos observado: ele está voltando entre os lançadores de tendências alternativas! Quem? Ele mesmo, o infame solado que junta anabela e plataforma e resulta numa das criações mais polêmicas do mundo da moda: o famoso modelo conhecido no Brasil como "Pata de Bode"!

Foto: https://instagram.com/kibbipixel

O modelo já era considerado esquisitão lá na década de 1970 e foi adorado pelos clubbers dos anos 1990 que elevaram suas plataformas à decima potência! Mas na década de 2000 desfilou pelo mainstream brasileiro e foi objeto de desejo de muitas meninas alternativas do período!

E porque apostamos em falar desse modelo? 
Porque como toda jovem esquisitona dos anos 2000, a gente tinha esse tipo de calçado - e amava! Sentimos falta tanto pelo conforto quanto pela excentricidade. Não foram poucas as vezes que riram de nós nas ruas por ter um calçado que nos fazia parecer caminhar com as pernas engessadas, mas nunca ligamos (como toda alt girl raiz haha).

As meninas alternativas, é claro, usavam modelos todo preto, que podiam ser encontrados em lojas de rua em versão bota, sapato boneca e sandálias. Online, uma das lojas que vendia e ainda vende é a Black Frost.

O mais curioso é que esse calçado chegou geral no mainstream brasileiro, os modelos em tons de marrom (justificavam o nome "pata de bode", já que no exterior o modelo tem outro nome) podendo ter bordados de flores e espaços vazados, eram usados pelas meninas da classe popular e odiados pela elite da moda, tipo esses aqui:

Lembram? (Foto: divulgação)

O reinado do pata de bode acabou no Brasil lá pelos anos de 2006, mas os resquícios dele ainda eram vistos até uns 10 anos atrás, após esse período foi desaparecendo dos pés alternativos permanecendo apenas em um pequeno nicho de admiradores. Mas sabia que em algumas marcas alternativas estrangeiras modelos com esse solado nunca saíram de linha? A marca Demonia foi uma das responsáveis por manter o modelo circulando, até hoje encontramos diversos modelitos! E tem sido eles, vistos com frequência nos pés de diversas influencers alternativas, os responsáveis pelo retorno do modelo ao status de objeto de desejo!


Fotos: Demonia Shoes

O que marca o modelo é essa "onda" pra cima e pra dentro (afundada) entre o salto e a plataforma e a ponta levemente ou extremamente arrebitada, que dá aquela impressão de desequilíbrio iminente.

Fotos: Demonia, UNIF e Dolls Kill

No Brasil temos uma carência de modelos que são considerados clássicos alternativos, o que dificulta que possamos usar por décadas a fio o mesmo estilo de roupa e calçado, precisamos muitas vezes nos adaptar ao que está disponível para compra.

Foto: Demonia

A moda alternativa surgiu como uma forma de oferecer produtos independente dos modismos de massa, sem depender das demandas de mercado, mas parte do segmento acompanha o mercado capital, tanto por questões de sobrevivência quanto de dominação mundial rs.
Nada contra, somos cientes das dificuldades do mercado alternativo e conscientes de que resistir ao sistema da moda não é regra geral. Os que possuem meios podem recorrer à importação, outros ficam na dependência do mercado nacional. Seria muito legal que itens que constituem a clássica cultura de moda alternativa tivessem um público cativo e consequentemente um espacinho nas prateleiras!


Se adaptando à moda recente: solado tratorado.
Fotos: Demonia


Uma enquete simples no story do nosso Instagram revelou que mais de 70% dos que votaram gostam do modelo. Acredito que são clientes em potencial! Você compraria?

Sabe aqueles calçados que as pessoas dizem que são horríveis e ninguém deveria usar? Creepers, pikes, botas brancas... Nós adoramos!

Manda aí sua dica de calçado esquisito e não esquece de dizer o que acha do pata de bode!



Acompanhe nossas mídias sociais: 
Direitos autorais:
Artigo original do blog Moda de Subculturas. 
É permitido compartilhar a postagem. Ao usar trechos do texto como referência em seus sites ou trabalhos precisa obrigatoriamente linkar o artigo do blog como fonte. Não é permitida a reprodução total do conteúdo aqui presente sem autorização prévia. É vedada a cópia da ideia, contexto e formato de artigo. Plágios serão notificados a serem retirados do ar (lei nº 9.610). As fotos pertencem à seus respectivos donos, não fazemos uso comercial das mesmas, porém a seleção e as montagens de imagens foram feitas por nós baseadas no contexto dos textos. 

Comentários via Facebook

3 comentários:

  1. Eu já tive muitos desse haha hoje não usaria mais esse com o solado inteiro plataforma, mas aquele que é plataforma porém é separado o salto de trás com o da frente (deu pra entender? kkkk) tipo tratorado. A moda sempre volta :D

    Apenas eu, Day

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, seria sapato "normal" com plataforma :)
      O tratorado é a moda atual, tanto na massa quanto no alternativo, é bem legal também! <3
      Modas acabam voltando mesmo, por muitos motivos. O pata de bode sumiu no Brasil, mas a Demonia continuou fabricando, existiu um mercado pra ele no exterior e como a marca está criando modelos com designs muito criativos, houve esse resgate pela nova geração. Aqui no BR calçados muito diferentes acabam desaparecendo com o tempo, tem mais resistência, somos uma cultura ainda muito ligada a modismos.

      Excluir
  2. Eu tive um tenis da Dijean com esse solado. Meodeos, com eu amava aquele sapato. Me sentia maravilhosa quando usava ele.

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar! As respostas serão dadas aqui mesmo, então não esquece de clicar no botão "notifique-me" pra ser informada.

Instagram

© .Moda de Subculturas - Moda e Cultura Alternativa. – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in