.Moda de Subculturas - Moda e Cultura Alternativa.: Estilo: Destin e Rachel Federoff (Millionaire Matchmaker)

17 de dezembro de 2011

Estilo: Destin e Rachel Federoff (Millionaire Matchmaker)

Se a sua TV paga tem o canal Glitz*, você deve dar uma olhadinha no programa "Millionaire Matchmaker" mesmo que você não goste de reality shows. E o motivo é simples:  Patti Stanger, proprietária de uma empresa de sucesso que marca encontros, parece não ter problema nenhum em contrarar funcionários com aparência alternativa mesmo que seus clientes sejam milionários. 
Destin e sua esposa Rachel Federoff (que é modelo alternativa e sempre vai trabalhar toda estilosa), usam o estilo alternativo no dia a dia da empresa, nos encontros com clientes, e nunca, em nenhum episódio, por mais conservadores que sejam os valores e a aparência de Patti, ela nunnca os julgou pela aparência. Nem em piadinhas, ao contrário, ela já disse publicamente que os contratou pelo profissionalismo e não pelo que vestem.

 

Acho um avanço empresas ou líderes que contratam as pessoas alternativas pela inteligência, não pedem que elas deixem seu estilo de lado no trabalho porque isso pode "chocar" clientes ou não tem a ver com a "imagem" da empresa. Na verdade, quanto mais diversa for uma empresa, menos preconceituosa ela aparenta ao público, sua imagem se valoriza e os clientes acabam por respeitar. Uma empresa se faz pelo profissionalismo, ética, valores e qualidade de serviços, não necessáriamente pela aparência de seus funcionários, esse tipo de desculpa já deveria estar ultrapassada. 

  • 3Blogger Comment
  • Google+ Comment
  • Facebook Comment
  • Disqus Comment

3 Comments

  1. Concordo plenamente com vc Sana! As empresas q mais prosperam são justamente essas que sabem contratar pela a capacidade profissional de uma pessoa e não pela a física. E não entendo o porquê de tanta dificuldade de se por em prática isso. Esses preconceitos me irritam, o mundo retrocede horrores por causa disso.

    ResponderExcluir
  2. Sana, adorei a foto dela grávida! Aliás, isso é uma coisa que sempre fica para trás nas marcas alternativas.

    Tenho uma amiga que tem uma filhinha de 3 anos. Essa amiga tem um visual extremo e teve uma dificuldade terrível para se vestir durante a gravidez, porque mal encontrava roupas pretas para grávida. Quando a menina nasceu, a dificuldade foi encontrar alguma coisa que não fosse cor-de-rosa para vestir nela... São áreas que as marcas alternativas brasileiras poderiam investir, afinal nós estamos crescendo^^

    ResponderExcluir
  3. @Lauren: Sim! Os preconceitos, sejam eles quais forem, são o ATRASO do mundo!!

    @M.Mean: Eu tb achei linda a foto dela grávida por isso não hesitei em postar *_*
    Tem uma marca alternativa estrangeira que é só para grávidas, vou aproveitar a deixa e postar sobre.
    Já as roupinhas infantis, eu sei que tem umas lojas nacionais que fizeram umas peças, mas não sei se elas tem site, ou se ainda fazem... lapso de informação...
    Eu postei sobre crianças e moda alternativa um tempo atrás, a maioria das fotos é da punkbabyclotes.net:
    http://modadesubculturas.blogspot.com/2011/10/criancas-e-moda-alternativa.html

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar! As respostas serão dadas aqui mesmo, então não esquece de clicar no botão "notifique-me" pra ser informada.

comments powered by Disqus

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover