.Moda de Subculturas - Moda e Cultura Alternativa.: Outubro 2012

30 de outubro de 2012

O Halloween e as Roupas Alternativas

O Halloween é um festejo muito antigo que data de aproximadamente 600 a.C. A data tem esse nome no hemisfério norte, mas países latinos oficialmente não celebram o Halloween (31 de outubro), e sim o Dia de Finados (02 de novembro), inclusive no Brasil. No México, a data correspondente leva o nome de Día de Los Muertos.
O costume dos “disfarces” nesta data pode ter nascido na França entre os séculos XIV e XV. Nessa época a peste negra dizimou metade da população do continente, criando entre os católicos um grande temor e preocupação com a morte, nasceram muitas representações artísticas que recordavam às pessoas a sua própria mortalidade. Possivelmente, a tradição de pedir um doce, sob ameaça de fazer uma travessura, teve origem na Inglaterra, no período da perseguição protestante contra os católicos (1500 - 1700). 

Mas onde começa a relação moda alternativa x Halloween?
Vamos associar a palavra Halloween à "terror". E vamos associar moda alternativa com subculturas musicais.

Uma das maiores referências é Alice Cooper, o primeiro artista a incluir elementos de terror no rock n roll com cenários assustadores no palco em 1975.  Porém, em 1958 a canção "Endless Sleep" de Jody Reynolds e a canção "Last Kiss"  de J. Frank Wilson (regravada pelo Pearl Jam) foram as primeiras canções sobre jovens com uma visão mórbida e romântica sobre a morte. Ainda nos anos 1970, bandas como The Doors, The Velvet Underground,  The Cramps,  The Damned e KISS tinham essa mistura de temas mórbidos e de terror.
Em 1982, o Horrorpunk (ou Horrorrock), gênero musical que mistura gótico e punk rock, se inspira em filmes de terror e no Rockabilly de 1950. A banda Misfits é uma das progenitoras do estilo. No mesmo ano o Deathrock, outro subgênero do punk que mistura horror e atmosfera assustadora, tem bandas como 45 Grave e Dinah Cancer trazendo junto referências de surrealismo, cabaret e iconografias religiosas. E é claro, as bandas post-punk como Joy Division, Siouxsie and the Banshees, Specimen, Alien Sex Fiend e Christian Death, que em 1982 lançou o que hoje é considerado o primeiro álbum gótico. De lá pra cá, Rob Zombie, Marilyn Manson, Lordi e Murderdolls talvez sejam as bandas de rock que mais usam dessa imagem assustadora tão comum no Halloween, mas o Death Metal e o Grindcore também carregam em seus temas, artes da capa e nos próprios nomes de bandas, muitas referências ao horror.


Moda
Zumbis, Familia Addams, Familia Monstro, Dark Shadowns, Vampira, Elvira, tudo inspira criações na moda alternativa. A partir de meados dos anos 2000, o Día de los Muertos mexicano entrou na onda com suas caveiras alegres, femininas e simpáticas, filmes de terror antigos  especialmente os dos estúdios Hammer de 1940 (associados à estética retrô/pin-up) e a popularização dos zumbis e vampiros em séries de TV e cinema também viraram grandes referências.
A partir da junção de tudo isso,  temos todo o cenário pronto para que uma moda se desenvolva. Afinal, os ouvintes dos gêneros musicais acima, precisam se vestir de acordo com a música que gostam.


Mas esqueça peças de roupas que você vê por aí em marcas alternativas que o tecido é de Halloween barato, de baixa qualidade, quase carnavalesco. Boas marcas alternativas perceberam que o tema terror vende (muito) e peças de qualidade padrão permitem que você se vista como se fosse Halloween o ano todo sem parecer que está fantasiada.


Alguém percebeu esse nicho de mercado e se especializou

Estou me referindo à marca cult e underground Kreepsville 666, que tem seu foco completamente voltado a criar peças sob tema de horror. A marca começou em 2006 na Escócia (atualmente nos EUA) e por oferecer produtos inovadores, rapidamente ganhou espaço na moda alternativa sendo que suas peças são facilmente reconhecidas. A marca é super imitada, mas é a original "Scary Wear" da moda alternativa. Sabe aquelas mãozinhas de caveira tão replicadas por aí? Kreepsville que popularizou. Assim como os laços de cabelo com olhos, ossinhos e um popular vestido tubinho que imita todo corpo em esqueleto. Na mais recente coleção da marca, zumbis e Elvira são o tema foco.

Separei um editorial com produtos da Kreepsville pra vocês terem uma idéia de seus produtos, título super de acordo: Psychobilly Siren, pois como eu disse ali em cima, das subculturas musicais surgiu a estética. 


É claro, se você quer produzir roupas com tema relacionado, você tem que antes produzir tecidos. E eu sou apaixonada por estes tecidos de tema Horror/ Día de Los Muertos:



Mais alguns exemplos de Moda Alternativa: Acessórios!



Roupas! E pra não dizer que não postei fantasias, dois exemplos de como mesmo sendo fantasias, elas são tão bem feitinhas que as peças podem ser separadas, customizadas e ir pra rua depois.


Hoje em dia é possível se vestir de "Halloween" o ano todo sem parecer que está fantasiado(a), isso acontece devido à profissionalização da Moda Alternativa!



* Artigo original do Moda de Subculturas. Para usar trechos do texto como referência em seus sites ou trabalhos, achamos gentil linkar o artigo do blog como respeito ao nosso trabalho. Tentamos trazer o máximo de informações inéditas em português para os leitores até a presente data da publicação.
Todas as montagens de imagens foram feitas por nós.
Fotos: Google.

28 de outubro de 2012

Couture Belle Époque

Presenteando vocês com estas scans da Vogue Paris de 1997 com o tema Belle Époque! Trajes de alta costura de Dior, Chanel, Christian Lacroix, Gaultier, Givenchy e Balmain. 
Essas releituras modernas de alta costura servem de inspiração para eventos alternativos históricos que acontecem aqui no país.

Editorial Neo Victorian


Quer comparar a releitura atual com a moda vitoriana original? Clique: Moda na Era Vitoriana.
Vogue Netherlands, novembro 2012!


25 de outubro de 2012

Bazar Noir - Edição Terror

Em julho deste ano a colaboradora carioca do Moda de SubculturasLauren Scheffel (Moda Trash), fez uma ótima e exclusiva entrevista com a Vanessa, idealizadora do Bazar Noir, um evento alternativo que reúne moda underground e muito rock n roll no Rio de Janeiro.

O evento terá mais um edição e faço questão de divulgar, desta vez o tema será Terror!!
Será dia 18/11, das 15h às 22h  no  Teatro Odisséia, entrada R$5. São três andares com os expositores mais alternativos do Rio de Janeiro! 
Haverão premios para as melhores produções terroríficas, show com The Smiths Cover e discotecagem com um set especial DeathRock e Gótico. Performance de Tribal Fusion, filmes e clipes de terror no telão e claro, o tradicional desfile das marcas.
Clique pra aumentar:
 


18 de outubro de 2012

Look do Leitor: Kakao

Mais um look do leitor!
Hoje quem participa é a Kakao que mora em Sampa e acompanha o Moda de Subculturas há algum tempo. Ela usa moda lolita há aproximadamente quatro anos e também gosta muitode fairy kei, decora e gyaru
Ela complementa: "Na verdade tudo que é diferente e muitas vezes esquisito me atrai, adoro ver a forma que as pessoas tem de se expressar usando peças e acessórios, e por mais diferentes que sejam, representam quem somos. Também gosto muito de misturar os estilos de Harajuku entre si ou com peças que fujam das "regras", mas mantendo seus conceitos".

Kakao também é formada em Moda e Criação pela UniFMU e gosta de fazer peças e acessórios pra ela e pras amigas. Ela tem uma marca própria, a Merry Go Round, que vende roupas e acessórios alternativos. Dêem uma passadinha lá! Agora vamos aos looks!

 


Adesivos de Unha da Iron Fist

Esmaltes, unhas artísticas e adereços para unha estão muito em voga atualmente, tanto no mainstream quanto no cenário alternativo. Talvez nunca antes na história da moda as unhas tenham tido tanta importância no visual. 
E como vocês já viram em postagens anteiores no blog (listadas abaixo), cada vez mais a moda alternativa está compartilhando das mesmas tendências do mainstream, pois no atual mundo consumista, é preciso manter-se com novidades e variedade de produtos o tempo todo para garantir clientela.

Esta pode ser mais uma daquelas ocasiões em que optamos por mandar nosso dinheiro pra apoiar e fazer crescer lojas alternativas estrangeiras e a "indústria" da importação, pois não temos nada parecido aqui em terra brasilis. Estou falando dos 12 modelos de adesivos de unhas lançados pela marca Iron Fist. Eles tem temas bem a cara do público alternativo: muitas caveiras com referência às estampas da marca, mariposas e rosas com diversos fundos (bolinha, âncoras...). 
Alguém duvida que estes adesivos vão ter espaço garantido em blogs alternativos voltados à unhas e beleza? Eu não! ;) 


Links relacionados:
- Alternativo x Mainstream: A Hibridização de Estilos
- Moda Mainstream Influenciando a Moda alternativa
- Subculturas Alternativas: Consumo Imagem e Moda
- Tendências Alternativas: Moda Feminina
- Iron Fist x Pink Connection
- Iron Fist x Melissa


16 de outubro de 2012

Looks da Semana: Vestido Preto e Neo Victorian

A Dica de Moda de hoje tem uma dica de traje Neo Victorian pros rapazes, com camisa com detalhes perto da gola, calça reta com amarrações e fivelas, coturno e muitos acessórios em preto e prata.

Para as moças a dica é o sempre adequado vestido preto, que vai pra formaturas, casamentos, festas, passeios (de inverno e verão!)... O glamour vem com acessórios de referência vintage no clip de cabelo, no sapato, nas meias e na bolsa que ao mesmo tempo tem influência de Chanel (matelassê) tem uma estampa retrô super alternativa.
Mais dica de como montar look com vestido preto, aqui.


Fonte das Imagens: site da loja Attitude.

Dark Glamour: Editoriais!

O "Dark Glamour" que dá subtítulo à este blog se refere à looks mais adultos, que embora mainstream, são adequados ao guarda roupas das mulheres alternativas.

Começo com looks de pesseio. Na segunda foto, a tendência de estampa de cruzes (neste caso, de referências bizantinas) que também está na moda alternativa (aqui e aqui).


Muita classe em peças longas. A tendência de peças transparentes se faz presente na 2º foto.



Tantas vezes já falei aqui no blog da estética fetiche ser amenizada pra ser vendida às massas. Muito couro para os dias mais frios!
Mais referências: Lindas peças em Fashionable Fetish e em Fashion Fetish. Pra refletir: A Incrível Popularização da Moda Fetiche.


Góticas de butique na  Vogue Collections.




As crinolinas desfiladas recentemente (aqui e aqui) estão invadindo os editoriais.


Belas capas! As duas últimas, de referência barroca, tem o mesmo corpete.



9 de outubro de 2012

Aniversário: 3 anos do Blog!

Hoje o blog completa três anos de existência!!

São três anos de muita pesquisa pra oferecer material autoral de qualidade levando à sério a Moda Alternativa e sua influência na moda contemporânea.

Apesar do blog estar fazendo três anos, comecei a pesquisar  moda alternativa de forma mais aprofundada há sete anos atrás, recorrendo à livros e revistas importadas, fazendo análises, escrevendo, questionando e criando um ponto de vista sobre os temas. Ainda não escrevi no blog nem metade de tudo que eu pretendo escrever! Acreditem em mim: a lista de espera de assuntos a serem publicados não para de aumentar! =D

Meus pedidos de aniversário?
- Espero que cada vez mais a moda alternativa nacional se profissionalize e se torne não apenas mais autoral como também mais ousada.
- Espero continuar adquirindo mais e mais conhecimento para que eu possa compartilhar com o público.
- Espero ter reconhecimento por parte dos leitores,  um incentivo para postar mais e mais e mais... afinal, o conteúdo deste blog é único e inspirador!

Enquanto eu tiver iniciativa e a boa vontade de compartilhar informações de forma gratuita, recebendo apoio em retorno, esse blog vai durar. 

Finalizo com essa frase que é praticamente um mantra:

"Por que seguir a moda se existe uma alternativa?"

Quer bolo e estética mais alternativa do que esta? =D

8 de outubro de 2012

Óculos de Gatinha

Essa é pras meninas que usam óculos e que gostam de um estilo mais retrô inspirado nos anos 1950. O editorial "Cat Eyes" dá três dicas de óculos ao estilo gatinha, um mais clássico com enfeite que lembra diamantes é ótimo pra ser usado no trabalho; o vermelho, de tamanho mais exagerado é bom pra ir pra praia e por fim, um modelo mais fino e discreto pra quem gosta de fazer um ar mais intelectual.  
Óculos retrôs são facilmente encontrados em lojas alternativas e se der sorte, em lojas comuns também (não é toda ótica que investe em modelos mais moderninhos). Posso lhe garantir que nunca foi tão estiloso usar óculos!




Foto: site da loja attitude.

7 de outubro de 2012

Convite: Chá das Cinco na República Velha

Clique para aumentar
Convido todos os leitores para participar de mais um evento em que eu apoio: a edição 2012 do Chá das Cinco que o Picnic Vitoriano SP promove anualmente. O tema deste ano é relacionado à história brasileira, a República Velha (1889-1930).

O evento será dia 02 de dezembro, domingo e será composto de duas atividades:  às 13h Passeio Fotográfico no Largo São Bento e arredores do centro de São Paulo, passando por prédios e locais históricos que foram construidos ou inaugurados dentro do período da República Velha ou tenham art déco ou art noveau como características arquitetônicas. Por exmplo: o atual prédio do mosteiro de São Bento é de 1914, o Theatro Municipal de 1911, o Edificio Guinle - primeiro prédio vertical da cidade, de 1916, o Edifício Sampaio Moreira é o primeiro arranha céu da cidade, ao estilo Luis XVI, inaugurado em 1924, e por aí vai...

O Chá das Cinco será servido às 15h no Café Girondino, tradicional cafeteria paulistana cuja história se origina no início do século XX. Neste link você pode consultar a história do Café. 

Se você quer participar, TODAS as informações estão disponíveis  neste link: Chá das Cinco na República Velha - Todas as Informações

O dresscode é obrigatório mas muito amplo, da Era Medieval à 1930 - recorte mais amplo que em qualquer outro evento nacional. Releituras (SteamPunk, Lolita/ Ouji, Romantic Goth e Inspirações) são aceitas. Os trajes do período da República Velha (1889-1930) são os mais desejados, o que significa que a década vintage dos anos 1920 poderá ser recriada.

Faça parte das redes do PVSP para compartilhar informações e tirar dúvidas:

E como sempre, escrevi um texto de História da Moda para o evento, vocês podem ler clicando na foto abaixo!


Pin It button on image hover