.Moda de Subculturas - Moda e Cultura Alternativa.: Os 20 anos do filme Jovens Bruxas (The Craft)

22 de maio de 2016

Os 20 anos do filme Jovens Bruxas (The Craft)

Neste ano o filme Jovens Bruxas (The Craft) comemora 20 anos. Embora não tão conhecido pela nova geração, quem está na faixa dos 30 anos deve ter assistido na época de lançamento ou em reprises. O filme foi lançado em 1996 e contava com Neve Campbell (Bonnie) e Fairuza Balk (Nancy) duas atrizes que estavam se destacando em filmes adolescentes. Completam o elenco Robin Tunney (Sarah) e Rachel True (Rochelle).



Traduzido como "Jovens Bruxas", o título original é "The Craft", esta é uma das denominações da bruxaria entre seus praticantes. A década de 1990 foi quando a Wicca se tornou popular e mais aceita como uma religião estabelecida, pessoas começaram a finalmente ter orgulho de se assumirem pagãos após décadas tendo que se esconder devido ao preconceito.
Assim, a prática vai ganhando jovens adeptas e por conta do interesse das adolescentes, muitos covens proibiram menores de 18 anos. Esses adolescentes procuram então os livros pra se informar, sendo "O Guia Essencial da Bruxa Solitária" de Scott Cunningham um dos mais populares. O mainstream se interessa pelo tema, com diversas lojas comercializando produtos, de pentagramas à livros das sombras. Ao mesmo tempo haviam equívocos sobre a prática, como os que diziam que wicca e satanismo são interligados - não são.

Jovens Bruxas não é um grande filme, mas tem seus momentos. E parte disso se dá porque a Sacerdotisa Pat Devin foi consultada para dar mais veracidade à trama, incluindo as cenas dos rituais. Uma coisa que não é real é "Manon", a deidade que elas invocam nos rituais.



A história (pode conter spoilers)
Na história temos quatro adolescentes, cada uma com um problema pessoal que as fazem se sentir angustiadas. Todas elas passam por bullying e procuram na bruxaria um modo de tentar fugir desses problemas.
Temos Nancy, Bonnie e Rochelle que estudam juntas. Nancy sofre em um lar superviolento, com um padrasto alcoólatra e uma mãe passiva, ela tem um relacionamento tóxico com as amigas; Bonnie tem um grave problema de pele que deixa cicatrizes grandes, grossas e feias que a fazem se esconder em roupas fechadas; Rochelle sofre bullying por ser negra e ter cabelos cacheados. Assumidamente bruxas, para unir os quatro elementos, elas precisam de mais uma menina no coven e é aí que a nova aluna, Sarah, aparece. Sarah veio de outra cidade, onde já tinha tentado suicídio cortando os pulsos devido ao bullying e os problemas que causava com seus poderes telecinéticos.


Numa das aulas, Sarah demonstra seu poder de telecinese sendo observada por Bonnie que convence as outras de que a nova aluna era o elemento que faltava. Receosa, Sarah se junta ao grupo e as quatro meninas vão à loja de uma bruxa, onde a mesma percebe que Sarah é uma bruxa natural, seu poder vem de dentro naturalmente. Isso provoca inveja de Nancy, pois a obsessão desta era ter muito poder. 


Mulheres costumam ser vistas como delicadas e fracas. Na cena em que o motorista de ônibus diz: "cuidado com os estranhos" e Nancy responde "nós somos os estranhos", vemos que mulheres podem também ser "poderosas e perigosas" além das aparências delicadas. Haja visto que crianças no ônibus as olhavam com certo medo e curiosidade por elas apresentarem uma atitude diferente das outras presentes.


A partir daí, as quatro passam a fazer rituais visando atingirem seus objetivos. E é daqui que jogo alguns pontos de observação sobre A Arte:
Na Wicca existe um código moral simples e benevolente que é o seguinte: "sem prejudicar ninguém, realize sua vontade". Em outras palavras: você é livre para fazer o que quiser, contanto que, de forma alguma, prejudique alguém - nem mesmo você! Essa é a famosa Lei de Três, que se aplica sempre que você faz alguma coisa, boa ou má. Não que você será "castigada" por um ato mau, porém, quando você envia uma energia, o curso natural dela é voltar à você. Assim, caso envie algo negativo, essa força fará seu caminho, se fortificando e retornará. 


"magia é acreditar, magia é como natureza, o bem e o mal estão no coração da deusa"

Elas também fazem feitiço manipulativo, um tipo de feitiço que bruxas experientes não indicam, mas que novatos procuram. Esse tipo de feitiço é perigoso porque interfere no livre arbítrio, um direito primordial das pessoas. Num feitiço manipulativo de amor, como o feito por Sarah, interfere-se na vontade do outro, sendo comum o enfeitiçado virar um "zumbi", ou seja, uma pessoa completamente dominada pelo enfeitiçador.
Nancy deseja "todo o poder de Manon" (Manon é um Deus fictício) e assim recebe, mas usa para o mal todo esse poder que recebeu.


Bonnie pede pelo fim de suas cicatrizes e Rochelle castiga a moça racista. Tudo passa a correr como elas desejam. Elas se sentem fortes e empoderadas.


No decorrer do filme, vemos as consequências ruins que todas sofrem por terem feito escolha pela magia "do mal" e pela manipulativa. Elas mexeram com o equilíbrio e as coisas estão retornando em triplo.


Quando Sarah, a bruxa natural, percebe o quanto erraram, se arrepende e passa a reverter os feitiços, o que irrita as colegas. E é aí que acontece o clássico embate entre o bem (Sarah) e o mal (Nancy), entre o poder natural e telecinético de Sarah e o poder adquirido para o mal e manipulativo de Nancy.


Jovens Bruxas não é apenas um filme bobo de sessão da tarde, ele é legal pra observar como a Wicca se tornou popular entre adolescentes na década de 1990, trás um figurino que mostra a mistura entre mainstream + rock n roll/punk/gótico, ilustra como algumas pessoas que têm dons naturalmente mágicos podem canalizar para o bem ou para o mal e sofrer suas consequências e outra coisa que ainda é atual: jovens que sofrem por serem diferentes da regra e buscam por aceitação. No caso delas, buscaram a autoestima através da magia para que as curasse de seus problemas físicos e emocionais, para que parassem de se autoculpar e se autodestruir. 

Nancy é o perfeito exemplo de Bad Girl dos anos 90.
Uma curiosidade é que Fairuza Balk era wicanna na vida real.


Sobre o visual: uma vez contei aqui no blog que na década de 1990, os alternativos não usavam só roupa preta o tempo todo, usavam roupas com cores ou cores + preto. Um visual todo preto era reservado à góticos, uma certa linha do metal ou do punk e por quem queria chocar. A gente vê isso no filme. Embora praticantes de Wicca, apenas a Nancy é fortemente percebida como uma gothic-rocker que usa preto o tempo todo, as outras meninas usam moda mainstream normal com pinceladas alternativas relacionada à magia ou em cenas especificas como a que as quatro usam preto e branco numa desconstrução dos uniformes - usando chokers e batons escuros - ou nas cenas de rituais onde ao menos uma peça preta é usada por todas. As meias pretas até as coxas também eram moda na época assim como as gargantilhas, saias longas retas e a maquiagem vamp.


Válido citar a trilha sonora super rock n roll: Heather Nova, Julianna Hatfield, Jewel, Elastica e até Letters to Cleo.

E vocês, já assistiram o filme? 
O que acharam? 



Acompanhe nossas mídias sociais:
Instagram Facebook Tumblr Pinterest  Google +   


  • 19Blogger Comment
  • Google+ Comment
  • Facebook Comment
  • Disqus Comment

19 Comments

  1. Eu simplesmente amo o filme (e a bruxinha do mal - no caso a roupa dela). Já estudei um pouco sobre a arte wicca e me interessei bastante. Cheguei a concluir que ela era o tipo de "religião" que mais se encaixaria no meu perfil (baseada naquilo que é natural), porém não me aprofundei tanto, é necessário mais sabedoria para poder mexer com isso. Mas, o filme é ótimo e eu simplesmente adoro!

    Beijos
    Karolini

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Wicca - Bruxaria em geral focam no sagrado feminino, então super normal nós mulheres nos interessarmos. ♥

      Excluir
  2. Olá....
    Já se fazem tanto tempo...eu amo esse filme, eu o assisti faz muito tempo...kkkk eu era adolescente e eu queria ser a Nancy...eu queria os batons, eu queria as roupas...e bla.
    Nossa na época a unica coisa que minha deixou era ler livros relacionados a antiga religião.
    Nossa bateu aquela saudade gostosa...

    ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

    http://meioincomum.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Nancy é muito carismática! Assim como você, várias meninas se interessaram por bruxaria/wicca após ver o filme! :)

      Excluir
  3. Eu tinha um VHS desse filme e eu assistia várias vezes. Visualmente eu gostava da Nancy demais! Uma curiosidade legal sobre o filme e as 4 protagonistas é que depois elas se interessaram de fato pela Wicca e a atriz que faz a Nancy chegou até a comprar uma loja e vender artigos relacionados a Wicca.

    20 anos desse filme :O !! O tempo voa mesmo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parece que sim Jehssy! Ela teve a loja, mas atualmente não sei dizer se ela ainda é Wiccana. O visual dela me influenciou demais na época, eu era adolescente e já curtia as bruxarias da vida haha!

      Excluir
  4. Eu assisti quando saiu hehe
    eu já era adulta,mãe,etc e eu não me identifiquei,nem gostei muito,pq já não fazia parte do meu universo,afinal era voltado para adolescentes.
    A questão do bulling,eu achei legal,quase todo mundo passa por isso,e quem lá no fundinho não se realizou vendo a vingança hhahaaha
    E na época ninguém sabia nada sobre o assunto bruxa e wicca,então acho q teve os dois lados:as pessoas q passaram a se interessar e os que acharam q era daquele jeito mesmo rs.
    bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem adolescente mesmo Gio!
      A diferença é que ele é centrado em torno da Wicca (do mal uso da Wicca rsrs) ao invés daquelas tramas comuns de romance adolescente.

      Excluir
  5. Assisti no cinema, na época com meus 21 aninhos adorei o filme, e gosto muito até hoje! Logicamente comprei o DVD do filme e consegui achar o CD com a trilha sonora que é muito bom também! Na época o tema principal do filme que era wicca, não me fez interessar muito sobre o assunto, mas hoje em dia sou muito simpatizante!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A trilha sonora e beeem legal mesmo! Que legal que vc tem o DVD! :D

      Excluir
  6. Claro que eu me lembro deste filme!
    Achava sensacional, eu era uma pré adolescente na época e adora esses assuntos!
    Já tive um livro Wicca na época, mas enfim, hoje eu me tornei uma pessoa descrente em tudo.
    Mas este filme marcou uma época, foi ótimo você abordar sobre ele, valeu a pena relembrar! <3

    Memórias de uma Guerreira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também era novinha e lembro que curti, fugia do lance de romance adolescente a ainda abordava Wicca que eu já tinha interesse. Adorava o visual também :D

      Excluir
  7. Sabe quando você acha que já viu um filme, mas não tem certeza? Hahah
    De qualquer maneira, já tô baixando. É normal já querer todas as roupas delas? Eu me apaixonei <3

    http://vultuspersefone.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha! As roupas delas são bem legais! Bem anos 90 :D

      Excluir
  8. Assisti esse filme esses dias inclusive e eu não tenho nem o que comentar...eu amei! Ainda mais que eu simplesmente adoro filmes dos anos 80/90. A qualidade é indiscutivelmente muito melhor que as dos filmes de hoje. Ainda mais com um tema desses. <3


    Relíquias da Lara

    ResponderExcluir
  9. Eu não lembro se assisti a esse filme quando nova, porque pra ser sincera eu não me lembro de praticamente nada dos meus 12 anos pra trás. Mas assisti esse filme deve fazer um ano, mais ou menos e gostei bastante. Apesar de ser bem estereotipado, achei que passou bem a mensagem sobre o tema central, no caso a Wicca e as consequências do seu mal uso.
    E como o tempo passa rápido.. 20 anos desse filme... ^^
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar! As respostas serão dadas aqui mesmo, então não esquece de clicar no botão "notifique-me" pra ser informada.

comments powered by Disqus

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover