.Moda de Subculturas - Moda e Cultura Alternativa.: Alternativo x Mainstream: Sapatos sem Salto

3 de dezembro de 2012

Alternativo x Mainstream: Sapatos sem Salto

Esse é mais um post de comparações sobre cópias envolvendo moda alternativa x mainstream (veja todos os posts no link).
Talvez esse seja um dos maiores exemplos da popularização de uma estética alternativa: os sapatos sem saltos. Aliás, mais do que "estética alternativa", estes sapatos eram originalmente do underground. Mesmo quando foram criados, anos atrás, não eram populares na cena alternativa, só num pequeno grupo de pessoas. E também mostra como tudo nesse mundo pode ser amenizado e vendido às massas, mesmo a estética mais bizarra e grotesca.

Uma loja de calçados nacional lançou uma versão popular (porque os preços são acessíveis) destes calçados sem salto que nasceram no underground.
Na imagem abaixo vocês veem a Kronier, marca que lançou os primeiros modelos, seguido de Lady Gaga que os trouxe aos olhos do mundo e por fim, a marca nacional que os amenizou. Reparem como toda a bizarrice da peça foi substituída por feminilidade e sensualidade em tiras delicadas, peep toes e lacinhos.


Eu publiquei sobre eles logo que os conheci, nestas postagens:
E também publiquei quando a marca Nina Ricci, que foi a primeira a copiá-los no mainstream, os desfilou no outono/inverno de 2009, seguido de Gareth Pugh:

O bizarro não assusta mais?

Mas a maior divulgadora desse sapato para as massas foi Lady Gaga. Cercada por uma equipe que sabe muito sobre moda, Gaga usou e abusou de elementos do underground em seus trajes. Seus sapatos sem salto estamparam diversas fotos de paparazzi.
Nos comentários sobre o post do Pastel Goth,  comentei com a Lauren que depois de Lady Gaga, é difícil a gente usar alguma coisa que realmente choque as pessoas, é como se o visual-choque tenha se banalizado. Até brinco dizendo que Lady Gaga criou o "choque relâmpago", ela usa uma coisa num dia e choca e dois dias depois ela usa outra coisa e choca novamente; assim a primeira coisa perde seu valor de novidade e de choque rapidamente, tornando-se ultrapassado. Não digo que Lady Gaga seja a responsável pela banalização, pelo contrário, ela é apenas um veículo divulgador do poder das grandes marcas e da mídia.

O que eu quero dizer nesse post não é se estes sapatos são bonitos ou usáveis, mas a que ponto o consumismo e o desejo por novidade chegou. Nossa sociedade se tornou tão capitalista que na falta de idéias, vai-se ao underground e apodera-se de criações inovadoras de pequenos e desconhecidos designers e transformam o produto em propriedade de grandes grifes.
É uma busca desenfreada de lançar "novos" produtos a todo instante transformando peças incomuns em objetos de sedução e glamurização para que uma massa o consuma vorazmente e logo o descarte. 
Moda é apenas um reflexo de nosso tempo...

  • 1Blogger Comment
  • Google+ Comment
  • Facebook Comment
  • Disqus Comment

1 Comment

  1. Ainda tem como chocar e.e, duvido a Gaga mexer com Black Metal :')

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar! As respostas serão dadas aqui mesmo, então não esquece de clicar no botão "notifique-me" pra ser informada.

comments powered by Disqus
Pin It button on image hover