.Moda de Subculturas - Moda e Cultura Alternativa.: Cabelos Coloridos: Entrevista com Naína Monsores, especialista em coloração fantasia

20 de maio de 2014

Cabelos Coloridos: Entrevista com Naína Monsores, especialista em coloração fantasia

É incrível pensar que, até poucos anos, achar uma tintura com coloração fantasia era bem difícil no país, o máximo que se disponibilizava eram tons avermelhados. Tanto que, para se conseguir cor diferenciada, ou comprava no exterior, ou recorria as fórmulas mais baratas e fáceis, como a combinação de creme para pentear + anilina de madeira, além da violeta genciana e o azul de metileno. Hoje encontramos no mercado (ainda bem!) diversas marcas especializadas, não só internacionais, mas também “made in Brazil” [aqui].

Com o crescente interesse pelo tema, fomos procurar por dicas rápidas de como proteger os fios e que cuidados tomar durante todo o processo de tingimento para quem quer passar pela experiência. Antes, lembramos que se tiver oportunidade, procure sempre um profissional. Corte químico é algo sério e causa um amargo arrependimento!
Para responder as questões, convidamos Naína Monsores, cabeleireira carioca especializada em coloração fantasia, que pinta seu próprio cabelo desde os 15 anos. Ela foi super gentil em compartilhar seus conhecimentos com o MdS. Portanto, aproveitem!

Por falta de dinheiro ou por variedade da cor, é muito utilizado a fórmula de "creme + álcool + anilina". Você acha que ainda vale a pena fazer isso ou usar tintura?
Naína: Não digo por falta de variedade de cores, pois hoje em dia a variedade é enorme, tanto em colorações nacionais como internacionais. A anilina de madeira, como o azul de metileno e a violeta genciana são mais usados pelo valor ser muito baixo. Mas tem seus prós e contras, alguns especialistas dizem que o AM e o VG a longo prazo causam danos à saúde do usuário. E a anilina, apesar de colorir bem, impregna no fio fazendo com que sua remoção seja muito mais complicada.

Naína e seus cabelos avermelhados

O que aconselha para quem tem cabelo virgem e aos que tem química?
N: Gostaria de frisar bastante a importância do teste de mecha. Hoje em dia, infelizmente, existem muitos cabeleireiros que dizem que passaram um produto no cabelo do cliente e passaram outro, ou até mesmo para ter a sua fidelidade não dizem o que passaram, o que é errado, a pessoa tem o direito de saber exatamente o que foi aplicado.
A descoloração em cabelos com químicas (guanidina, tioglicolato, entre outros) é mais complicada, portanto não aconselho de maneira nenhuma ser feita sem ajuda de um profissional.
Procure sempre descolorantes bem conhecidos e bem indicados. Mas depende muito de cabelo pra cabelo. O que está mais em alta e com excelentes indicações é o Igora da Schwarzkopf. É sempre importante ter paciência! Descoloração não é algo tão simples. Tem cabelos que mesmo sendo virgens ficam muito danificados por serem muito finos. Outra coisa muito importante é sempre seguir as instruções do produto. Deixar além do tempo indicado só vai danificar mais ainda seu cabelo.

Naína foi finalista do Concurso Belladonna's do Brasil 2013

Depois disso vem à coloração, que acredito ser do mesmo jeito que as tinturas de farmácia. O único problema aí é acertar a cor desejada.
N: De certa forma, a coloração fantasia é bem mais fácil de aplicar e acertar o tom do que coloração permanente. Como não é misturada com oxidante, não tem alteração de cor do que está no tubo para o que vai ao pote. A cor que está ali é a cor que vai ficar seguindo é claro, a descoloração correta. É só seguir algumas poucas dicas como, para se conseguir um azul o cabelo tem que estar no loiro claro quase branco, senão fica verde. É possível fazer um cabelo branco com coloração roxa.

Algumas das várias cores fantasia que Naína usou

É necessário também hidratação. De quanto em quanto tempo? Pintar desse modo resseca mais do que o normal?
N: A coloração fantasia em si não resseca o cabelo o que resseca é a descoloração. A durabilidade da cor também é influenciada de acordo com o estado do cabelo. Dependendo do cabelo, os tratamentos de reconstrução podem ser feitos de 15 em 15 dias e a hidratação semanalmente. Gosto de dar uma dica sempre: Não tem tempo de ficar hidratando o cabelo? Compre uma boa máscara de hidratação e substitua tirando o condicionador, use sempre que for lavar o cabelo. Ajuda bastante pra quem não tem tempo de hidratar. Gosto bastante da linha Absolut Repair da L’Oréal. Se você sentir que seu cabelo ficou pesado é só alternar com o condicionador.

Um lindo tom de verde e mecha azul

Por último, quanto tempo dura a cor, o retoque é feito só na raiz ou precisa ser feito no resto?
N: O retoque é simples. Descolorir a parte crescida, passar a coloração na raiz e puxar para as pontas para tonaliza-las. A durabilidade depende muito da cor (vermelhos e rosas tendem a durar mais), da marca da coloração e do estado do cabelo.

Quem é do Rio e quer tingir o cabelo com uma expert, fica a dica de contato da Naína. Nas palavras dela "trabalho com essas colorações cobrando o valor que eu acho justo.
Então, aproveitem! Ela trabalha também com Candy Color. 
Contato Neslue: https://www.facebook.com/neslue.candycolor?fref=ts

Entrevista por Lauren Scheffel.

  • 3Blogger Comment
  • Google+ Comment
  • Facebook Comment
  • Disqus Comment

3 Comments

  1. Essa questão de acertar a cor pra mim foi a mais difícil, teve uma época que decidi pintar o cabelo de loiro, não descolori nem nada, fui numa profissional e jogamos a tinta loira por cima, ficou legal, no retoque fiquei com medo de fazer em casa e voltei lá, não é que ela errou a cor? de loiro fui pra um "loiro queimado"... Ela jogou aquele papo de que "lavando a cor vai ficar melhor" certo, lavei e continuou a mesma coisa, no retoque voltei la, e ela novamente errou a cor, jogou um loiro claro, ai na medida que meu cabelo foi crescendo ficou - loiro claro - loiro "queimado" - loiro escuro, eu ficava rindo olhando o meu cabelo crescer e lavando para ver a cor sumir, minha sorte é que o cabelo cresce rápido e logo sumiu.
    Achei lindo o cabelo dela em todas as cores, combinou bastante com ela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Márcia, tem cabeleireiro que faz esses erros básicas no nosso cabelo rsrsrs!! Eu demorei pra ter cabelo colorido por receio da descoloração, mas fui descolorindo aos poucos, demorou mais ou menos 1 mês e meio pra eu chegar no loiro claríssimo ideal e a tinta fantasia (Candy Color) pegou exatamente da cor do pote e tem durado bastante. Por isso é bom a gente pegar dicas com uma pessoa alternativa que já tem conhecimento de todo processo. =)

      Excluir
  2. Adorei as dicas dela, no momento estou passando por vários tons do ruivo,mas enjoei e recentemente descolori para futuramente aplicar um vermelho fantasia. Faço tudo em casa por medo de certos cabeleireiros que comentem esses erros como a Márcia disse. Naína ficou linda com todas as cores e o cabelo visivelmente bem cuidado. Parabéns pelo post.
    http://divaspinup.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar! As respostas serão dadas aqui mesmo, então não esquece de clicar no botão "notifique-me" pra ser informada.

comments powered by Disqus

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover