.Moda de Subculturas - Moda e Cultura Alternativa.: Kiss-Off: O Canal de Maquiagem de Hayley Williams!

13 de abril de 2015

Kiss-Off: O Canal de Maquiagem de Hayley Williams!

Recentemente Hayley Williams, vocalista do Paramore, inaugurou seu próprio canal para falar de beleza, o Kiss-Off



Como boa garota de atitude, Hayley vai falar não apenas de maquiagem inspirada em filmes punk rock mas conversar com artistas e saber de onde eles tiraram suas inspirações para montar seus looks!

Sobre maquiagem, a cantora alerta sobre o perigo de canais de beleza incentivarem mulheres à contornar nariz para parecer menor ou os lábios para parecerem maiores. Para ela, essa atitude reforça a ideia de que as mulheres nunca estarão satisfeitas o suficiente com o formato de seus traços naturais ou seja, estão sempre socialmente cobradas sobre sua aparência. Hayley não é expert em maquiagens perfeitas, na verdade, ela acha que as meninas devem é quebrar regras!



Ela quer que as jovens usem a maquiagem para se expressarem com coragem, sendo elas mesmas: 

Beleza é um sintoma de amor próprio, não é algo que você cria. Você precisa ir lá no fundo pescar o que te faz sentir poderosa, inteligente, valorizada, bonita, o que for. Realmente, vem de dentro

A mensagem é que você, ao invés de sair contornando o seu rosto pra se adequar ao que é considerado belo, deve realçar sua personalidade. Fazer da maquiagem algo divertido, sem seguir tendências e não ser "perfeitinho demais". "Você ficaria surpresa com o quão forte se sentirá ao quebrar algumas regras”.


Pelo bem de toda uma sociedade de pessoas incrivelmente únicas e lindas, queria que a indústria da beleza fosse menos focada em defeitos e mais no poder da individualidade. Nunca digo nunca, mas eu provavelmente não vou contornar meu rosto num futuro próximo”.

Assista ao episódio onde Hayley reproduz a maquiagem de 




Gosta do Moda de Subculturas?
Acompanhe nossos links:
 


Fontes: http://www.paramorebr.com/2015/04/wwd-hayley-fala-sobre-kiss-off/
http://wwd.com/beauty-industry-news/color-cosmetics/paramores-hayley-williams-launches-beauty-and-music-video-series-10104044/print-preview/

http://juliapetit.com.br/beleza/hayley-williams-lanca-programa-de-maquiagem
http://populartv.com/beauty/hayley-williams-popular-tv/
  • 13Blogger Comment
  • Google+ Comment
  • Facebook Comment
  • Disqus Comment

13 Comments

  1. Que proposta sensacional!
    Eu fico pensando nos anos 80, aqueles makes neon, aqueles cortes ousados...Até as apresentadoras do jornal usavam! E hoje a mesma coisa...
    Eu vivia em pé de guerra com certas profissionais da maquiagem por mudar demais o rosto da cliente. Na minha formatura mudaram tanto o rosto que lavei tudo e jurei nunca mais deixarem me maquiar. Acabei só permitindo no meu casamento - e com regras precisas, porque queria algo natural. Meu nariz italiano e meus bigodes chineses ficaram lá. E daí? Adorei que eles estivessem, era meu rosto real.
    Abaixo a ditadura do photoshop, seja no computador, seja em makes!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso de mudar o rosto é péssimo. Infelizmente é o que muitas mulheres fazem não por arte ou por diversão mas como se precisassem daquilo pra se sentir bem.
      A maquiagem deve representar a pessoa, realçar mas sem despersonalizar.
      Acho super corajoso você assumir seus traços num evento tão importante como o casamento, demonstra personalidade ;)

      Excluir
  2. Adorei o vídeo dela! E hoje a gente vive num mundo em que as mulheres estão permitindo muito que se ditem o que é bonito ou não. Eu sou uma que usa o mínimo de maquiagem justamente por preferir minha pele ao natural. Achei hiper bacana a atitude dela, e como tem um público jovem, talvez ela influencie de maneira positiva por esse lado.

    Zona de Conspiração | Facebook da Zona

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente Juliara, o "ditar" é o grande problema e nós alternativos estamos cada vez mais absorvendo certos conceitos do mainstream, precisamos quebrar isso!
      Com certeza usar a fama pra conscientizar outras mulheres é algo super legal!!

      Excluir
  3. Sinceramente, achei meio nada a ver e meio bobo ela se colocar tão contra o contorno como se ele fosse um símbolo de uma coisa ruim. Eu uso uma maquiagem extremamente exagerada, coincidentemente como a primeira comentarista citou: totalmente anos 80. Mas ainda assim eu faço contorno. O contorno não me adequa mais à sociedade, a maioria das pessoas na rua continua me olhando torto e até me xingando (hahah sad but true). Não faço contorno porque ninguém me exige nada, a maioria das pessoas não faz. Se eu vou na padaria rapidinho eu não vou fazer o contorno, só a sobrancelha no máximo, então não é como se o contorno ditasse minha vida e a minha auto-estima. É só uma técnica de maquiagem como tantas outras que acontece de estar popular hoje em dia. Inclusive o uso certo do contorno não é afinar narizes de forma extrema, isso sempre fica feio, é apenas de dar uma definição a mais pro rosto, ressaltando alguns pontos clássicos como as maçãs do rosto mas o que você quiser ou não, inclusive eu nem costumo fazer contorno na testa porque pra mim acho desnecessário. O rosto pode acabar ficando meio sem dimensão se você usa uma base de alta cobertura principalmente matte, ainda mais em fotos, o contorno ta aí pra isso.
    Na minha opiniao conscientizar as meninas de que elas não precisam contornar narizes na esperança de mudar a forma deles é muito válido sim, mas nada impede que elas continuem usando o contorno de outra forma, como mais uma técnica. O problema é muito mais grave do que o uso de luz e sombra no rosto, é preciso ir na raiz dessa insatisfação, atacar a técnica em si é desnecessário.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então anônima...
      Como você mesma escreveu no seu comentário, você usa uma maquiagem autoral, subcultural e artística. Você usa a maquiagem como uma forma de auto expressão e o contorno se torna necessário pra adquirir tal aparência maquiagem.

      Não é uma questão de "ah não pode contornar mais, chega! Parem com isso, acabou!" é uma questão de conscientização. Ex. Vamos nos situar num universo um pouco mais amplo como o da cultura americana, incluindo a cultura das celebridades. Essas mulheres influenciam outras mulheres ao redor do mundo e a gente sabe que muitas mulheres são ESCRAVAS da beleza. Mulheres que encontram defeitos em seus rostos onde não há. Mulheres que acham que precisam ter um formato x de nariz ou queixo.

      O grande alerta da Hayley é: se você é alternativa, você não precisa seguir essas regras de beleza mainstream. Você pode quebrá-las!

      Te dou meu exemplo particular: meu nariz sempre saiu largo em fotos, há uns 4 anos atrás, passei a contorná-lo. E porque?
      Porque lia e ouvia que eu devia fazer isso, que nariz largo em fotos era FEIO. Percebe as influências externas que recebi? Hoje em dia, me conscientizei, contorno se eu quiser, e esse é o grande lance: se conscientizar que não preciso ser escrava de um contorno pra me sentir linda/bem.

      E tem um outro ponto interessante que você toca no seu comentário: a questão de como a beleza ou o que é considerado belo é "criado" em nossa sociedade...

      Enfim, você parece ser uma pessoa consciente e livre do poder do make sobre seu rosto, o que é louvável. O "problema" são as mulheres que acham que só com certos artifícios serão lindas e terão auto estima.
      Como esse é ainda o primeiro episódio da série. Nem quero opinar muito, quero ver como ela vai abordar os temas.

      Excluir
    2. Você não entendeu o ponto. Eu estava dizendo exatamente o oposto: o contorno não é necessário pra minha maquiagem, o ponto é que qualquer garota alternativa pode inventar a maquiagem que bem entender, da forma mais extrema e subcultural e ainda assim fazer um contorno se quiser. Quebrar as regras da maquiagem não significa que ela não possa desenhar um 5 de glitter na testa mas estar com o rosto contornado se ela quiser, entende?

      Continuo achando super boba essa posição dela. Eu estava tentando dizer o que você disse sobre se sentir escravo de contorno ou qualquer outra técnica que nos dá a ilusão de ficar mais parecidos com o padrão de beleza da sociedade, este que é o problema. Enfim...

      Excluir
    3. Sobre o 5 de glitter mas com o rosto contornado: foi o que eu disse, mas com outras palavras ;)
      Tudo bem você achar boba a posição dela, há espaço pra todas as opiniões! Eu já acho que numa época onde meninas alternativas cada vez mais querem ser perfeitas como as do mainstream, é um ótimo alerta!

      Excluir
  4. Hayley diva! ♥
    Adorei a proposta desse projeto. Eu também não vejo necessidade em ficar "corrigindo defeitos" com maquiagem o tempo inteiro. Afinal são essas diferenças (não defeitos) que torna cada beleza única. Eu quando me maquio, nunca faço contorno. Não vejo necessidade nisso. Gosto de mim do jeito que sou. Outras maquiadoras já fizeram contorno quando me maquiaram, mas quando sou eu, não faço.
    Eu vejo a maquiagem mais como algo que ajude a nos expressar visualmente do que como artifício para corrigir qualquer coisa que seja.
    Espero que com esse projeto ela possa influenciar seu público nessa parte de não querer uniformizar a beleza das pessoas. A diversidade é que deixa o mundo interessante! ^^
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Hayley é das poucas mulheres atuais do rock que tem esse interesse na cena alternativa.
      E é bem isso que você falou, não precisa se corrigir o tempo todo, porque não são defeitos, são características faciais e o conceito de beleza é algo construido socialmente. Se for pra contornar, a meu ver, que seja algo que você desejou pra adquirir uma maquiagem x e não pra negar ou anular sempre seus traços.
      ;)

      Excluir
  5. Achei muito legal a proposta de: "anti-social media" , foi uma sacada muito boa...
    E a veracidade que ela deu no pós estar toda produzida é muito verdadeira! Quem nunca se arrumou e ficou em casa de boas divando não é?
    HAhahaha
    Não me visto para os outros.. faço isso porque gosto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade! :D
      Quem disse que a gente não pode se arrumar e ficar divando em casa kkkkkk

      Excluir
  6. Gente! *-* que máximo, sempre gostei da cantora e da banda PARAMORE e cara, adorei muito os cabelos coloridos e que mostravam uma personalidade própria. E primordial agora é que achei o máximo mesmo ela começa a empoderar mulheres a se aceitarem como realmente são. LOL

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar! As respostas serão dadas aqui mesmo, então não esquece de clicar no botão "notifique-me" pra ser informada.

comments powered by Disqus
Pin It button on image hover