.Moda de Subculturas - Moda e Cultura Alternativa.: Dark Fashion - Coleção Desire (parte 2) │+ Resenhas

8 de setembro de 2016

Dark Fashion - Coleção Desire (parte 2) │+ Resenhas

Estou de volta pra falar mais um pouco sobre a coleção lançada em junho pela Dark Fashion, chamada Desire e inspirada em coleções antigas da própria marca.

Na parte 1 (clique aqui) de análise da coleção, falei sobre alguns vestidos e peças mais "urbanas". Nesta seleção, vou apresentar peças mais sofisticadas, elaboradas e com design, mostrando a versatilidade da marca que consegue criar pra diversas situações e estilos.
A marca faz tamanhos padronizados do PP ao EGGG, mas se não encontrar seu tamanho, basta pedir pra fazer as peças sob medida. Não esquecendo que existe um prazo pra confecção das peças além do prazo de envio. ;)


Análise das peças:
O Vestido 5085 é num estilão Romantic Goth, que lembra os vestidos medievais pelo caimento, mangas e decotes. Esse é pras princesas góticas, dramáticas,  sofisticadas e acredito que deva ficar lin-do em editoriais fotográficos.



Seguindo a  linha "medieval" mas numa versão simplificada do vestido acima, tem o vestido 5086, mais curto. Este sim de uso mais urbano,  mas não menos elegante. Como as outras peças, pode ser feito nas cores roxa e vermelha além do preto. Adoro o decote quadrado com o detalhe em renda!


E agora mais dois exemplos de vestidos com versões semelhantes.
Começo com o lindo vestido 5071 em veludo, com modelagem que também lembra a moda medieval no decote e mangas. O veludo negro na história da moda tinha apelo da riqueza e elegância... Considero a peça chique e ao mesmo tempo exala muita personalidade de quem vir a usá-la.



Pra quem acha que veludo é "demais" ou mora num local que não permite o uso do tecido (climas amenos/frio), existe a versão em Broderie, uma espécie de algodão com furinhos que formam desenhos. É o vestido 5078. Ele é igualmente lindo, chique e elegante, mas bem mais urbano e usável. Os furinhos ajudam a ser fresco e o forro localizado na frente e abaixo da cintura, nas costas, deixam aquele ar de mistério. Notem que na barra, o forro é um pouco mais curto, revelando discretamente um pouco mais das pernas.




O comprimento dos vestidos é uma altura que fica aproximadamente um palmo acima dos joelhos. Uma amostra da maturidade da marca, já que nem tudo que é "alternativo" precisa ser curtíssimo. Quando uma roupa é muito curta, limita-se o uso da peça apenas ao lazer, com comprimentos menos curtos, a possibilidade de situações a ser usada aumenta. Caso você deseje um comprimentos diferentes é pedir uma alteração.  :)

Aproveitando que esse post é sobre rendas e sofisticação, agora vou falar do vestido 5060 que é aquele vestido "pau pra toda obra" haha! Simples, confortável, elegante e versátil! Flerta com o urbano no uso das cores e ao mesmo tempo vai do trabalho ao jantar, do passeio à festinha... Não preciso dizer que é super a cara do nosso verão.

Leve e solto, pronta pro calor / com corpete da marca
Resenha do Corpete [aqui]


Detalhes:



Finalizando com a blusa 2502 igualmente maravilhosa e muito, mas muito macia. Esqueçam aquelas blusas de renda que pinicam e que às vezes a gente até paga caro... essa é tão suave que nem dá pra sentir que está usando, por isso acredito na questão custo-benefício dela. E uma dica importante: vejam sempre as instruções de lavagem que a marca manda junto com cada produto. No caso de peças assim, com elastano, de forma nenhuma use amaciante. O amaciante deixa as fibras mais elásticas deformando, soltando ou arrebentando os fios, então: super importante saber cuidar pra durar!



 * pro dia a dia é só usar com regata de alcinha por baixo 
ou colocar outra blusa por cima *
saia @queen of darkness


Mas a Dark Fashion tá sempre surpreendendo e já lançou novidades dias atrás! Tem algumas peças novas no site, inclusive edições limitadas. E mais duas coisas legais: 
1. a marca está trocando a malha de algodão natural (que desbotava) por uma malha body fit que não marca (em leggings, saias e blusas), essa troca está acontecendo aos poucos. Exemplo: esta calça.
2. Num posicionamento de menos desperdício, está usando os próprios resíduos têxteis pra criar detalhes nas peças novas. Exemplo: esta blusa.
Legal né?
As marcas alternativas nacionais reformulando seus métodos de trabalho só nos dão mais orgulho! E a Dark Fashion continua sendo uma das nossas marcas do coração!!

E vocês, gostaram das peças, tem ou querem ter alguma delas? 
Conta pra gente! :D

* Leia também: Entrevista com Nívia, dona da Dark Fashion 



Acompanhe nossas mídias sociais:
  • 7Blogger Comment
  • Google+ Comment
  • Facebook Comment
  • Disqus Comment

7 Comments

  1. Estou apaixonada por essas peças, que lindas e delicadas ao mesmo tempo hehe

    www.divadebrecho.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. A Nívia se superou.

    Folhaderosa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Ficou muito lindo essa saia de tule com essa blusa de renda! *-*
    Teus looks são maravilhosos, Sana! Assim como as peças *-*
    Beijão pra ti!

    www.vultuspersefone.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awnn obrigada Rafaela! ♥
      Não posto muitos looks meus porque não os acho tão interessante quanto os de outras meninas daqui e do exterior. Fico feliz de você curtir! Estas peças maravilhosas ajudam! :D

      Excluir
  4. Essas peças são tão maravilhosas que faltam palavras pra elogiar.. rs
    Amei todas! E quero todas! haha
    Adorei as suas também e Sana do céu, que maravilhosa ficou a última combinação que você fez da blusa de renda com aquela saia mais que perfeita! Ficou uma verdadeira diva alternativa! ^^
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar! As respostas serão dadas aqui mesmo, então não esquece de clicar no botão "notifique-me" pra ser informada.

comments powered by Disqus

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover