.Moda de Subculturas - Moda e Cultura Alternativa.: Peças Alternativas Estrangeiras Superfaturadas?

11 de junho de 2012

Peças Alternativas Estrangeiras Superfaturadas?

Estava vistando um blog que acompanho, o Retrô Rock e ao ler o post linkado abaixo, percebi como a Aline, dona do RR, soube abordar este polêmico tema dignamente:
Quando consumimos, é preciso saber diferenciar o valor de peças feitas sob medida, peças personalizadas - das peças produzidas em massa. As peças personalizadas costumam ser mais caras. A fabricação em massa surgiu exatamente para baratear as coisas e consequentemente estas "coisas" tem qualidade inferior. Acessórios e bolsas artesanais, corsets, são valorizados e um pouco mais caros de forma justa.

Mas vejamos o exemplo que o Retrô Rock deu: a venda de produtos alternativos (importados) fabricados em massa, revendidos com mais de 300% de lucro. Assim como uma das garotas que comentou no Retrô Rock, eu já entrei num site internacional de revendas e uma paleta de sombras com 120 cores é vendida por $9,00. A mesma, em site nacional, era vendida por uns R$160. Outra moça comentou algo que já escrevi aqui no blog, o fato de muitas dessas lojas importarem sem nota fiscal, ou seja, na ilegalidade, sem pagar impostos e depois cobram os impostos fictícios de você, consumidor.

Eu tenho um exemplo pessoal: decidi comprar um sapato novo para uma festa importante, busquei nas lojas nacionais e não achei nada do meu gosto, encontrei um modelo exatamente como queria numa loja alternativa que revende peças importadas à pronta-entrega (não ia dar tempo de eu importar direto do site americano).
O sapato, em dólares custava $41,99 na cotação da época. Em reais, seria um valor aproximado de R$74,00. Se a pessoa me vendesse por R$150, ela estaria tendo um pouco mais de 100% de lucro, o que é ótimo, pois ela recebe 100% de volta o dinheiro que gastou. Mas a pessoa revendia o sapato por R$310,00!

Sejamos sensatos: se a marca americana vende o sapato por aproximadamente R$74,00, supõe-se que a QUALIDADE do produto seja equivalente ao preço. Por que a loja nacional ao invés de revender com 100% de lucro, me revende por mais de 200% do valor que aquela peça vale? Aliás, essa marca alternativa americana é famosa por seus calçados terem preços acessíveis.

CLARO que não fiz a compra pela loja nacional. Vale mais importá-lo direto dos EUA e pagar o somente o valor do calçado + frete. E nesse caso nem se trata de "apoiar" lojas alternativas nacionais, porque a tal loja SÓ trabalha com produtos importados, mas veja bem: a loja PERDEU cliente! Eu não vou comprar lá sabendo dessa disparidade de preço x qualidade. E eu poderia comprar sempre se o preço fosse justo...

Mas calma, tem gente honesta na rede! Eu já comprei várias vezes com lojinhas alt. que importam e paguei bons preços pelos produtos (basta comparar o valor do produto no site gringo e na loja nacional), mas ó, tem que procurar porque elas são raras! =)
  • 5Blogger Comment
  • Google+ Comment
  • Facebook Comment
  • Disqus Comment

5 Comments

  1. O que eu mais queria aqui pelo Brasil, eram lojas específicas em moda/beleza underground, e não que revendessem apenas, pois aí a gente paga muito caro! E comprar de fora às vezes não vale tanto apena, pelos impostos e frete assassinos. :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, eu também queria ver mais lojas nacionais vendendo peças super básicas pro dia a dia, peças com corte adulto e peças de estilo pra sair no fim de semana, mas a gente sabe que é difícil pras lojas nacionais concorrerem com toda essa revenda de importados, ainda mais com o dolar baixo. Fora que o público alternativo é pequeno e não consome muito. Quem sabe um dia melhore! =/

      Excluir
  2. Pois é, é exatamente isso.. não queremos ser enganadas e exploradas. Apenas queremos pagar o que a peça realmente vale.
    Apesar do tempo de espera, é bem mais em conta comprar direto da gringa.
    E pior, tem lojas que além de cobrar caro, ainda informa que é sob encomenda, com prazo de entrega de 30, 40 dias. Ou seja, ainda tem a cara de pau de encomendar só o foi vendido, nem se dão ao trabalho de manter um estoque digno. Obrigada pela indicação, quanto mais falarmos disso por aí, mais pessoas tomaram conhecimento. Beijão!

    ResponderExcluir
  3. Isso acontece porque tem pessoas que acham que ninguém sabe pequisar na internet e ir atrás de um site com os mesmos produtos. E ver que claramente estão superfaturando.
    Acho pior ainda é falarem que são eles mesmos que fazem, quando você vê que é pura revenda.

    ResponderExcluir
  4. Alguém aqui conhece alguma loja de moda alternativa na França para recomendar?Viajo para lá próximo mês. Realmente, tenho vontade de ver o mercado nacional crescer, mas encontrar algo de qualidade, a um preço justo e com um mínimo de originalidade, escapando do preto eterno, está difícil...

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar! As respostas serão dadas aqui mesmo, então não esquece de clicar no botão "notifique-me" pra ser informada.

comments powered by Disqus
Pin It button on image hover