.Moda de Subculturas - Moda e Cultura Alternativa.: Estilo Rock n Roll na moda. Bom ou ruim?

21 de outubro de 2009

Estilo Rock n Roll na moda. Bom ou ruim?

Em meus anos de vida, nunca vi o estilo rock n roll tão na moda. E isso abrange também os variados estilos dentro do heavy metal.
Muitos rockers vão dizer que rock não é moda, é estilo de vida. É estilo de vida sim, mas dizer que não é moda, que não é estilo e que não faz circular grandes somas de dinheiro é uma grande besteira.
Se não fosse moda não haveriam tantas lojas de moda alternativa pelo mundo investindo em diversos estilos com muito profissionalimo e qualidade. Há roupa pra todos os sub-estilos do rock n roll.

A diferença é que aqui no Brasil ainda há uma mentalidade muito fechada sobre o que é Moda e a influência que ela exerce nas subculturas, especialmente entre os ouvintes masculinos de heavy metal.
Já tive diversas tentativas frustradas tentando explicar aos thrashers, deaths e black metallers da importância da vestimenta nesses meios e se eles iam pros shows ou se apresentavam com roupas sociais, roupas normais, ou mesmo pelados, já que investir num visual, segundo eles é ser poser. Ignorância pura e falta de cultura de moda é o que acontece nestes casos.
Mas entre as meninas o estilo é mais aceitável.

Depois de viver anos fazendo minhas roupas estilo rock e bolando formas criativas de inventar acessórios com o que eu tinha disponível morando no interior, decidi fazer faculdade de moda e me especializar no que eu sempre amei: a moda alternativa.

Posso dizer com conhecimento de causa, eu era a única garota no curso de moda que era rockeira. Porque ainda havia muito preconceito com a palavra "moda" entre as rockers no ano que entrei na faculdade. Alguns amigos ficaram chateados comigo por eu escolher faculdade de moda, achando que eu tinha me vendido ao "sistema". Com os anos os convenci que eu não era uma vendida rsrsrs! Foi só no ultimo ano de faculdade que vi muitas garotas rockeiras e góticas começando o curso de moda. Vi naquele momento que ali estava começando uma mudança de mentalidade que só tendia a crescer.

Hoje, vejo muitas, mas muitas garotas mesmo fazendo faculdade de moda ou pensando em fazer como se fosse o curso mais natural do mundo e sinto que eu fui uma das últimas pessoas que quebrou a barreira das rockers neste curso, mesmo que muitas garotas nem saibam que eu existo, eu me sinto parte da história de ter quebrado a mentalidade de que moda não é um curso pra rockeiras.

O estilo rock nasceu nos anos 50, inspirado no look de Marlon Brando no filme “O Selvagem” e Elvis Presley e com o passar das décadas só evoluiu.
Não estamos falando apenas de moda, e sim de história.
Rock também é história.
E se o visual não fosse importante não teriam havido tantas divisões diferentes de estilos como forma de identificação das vertentes musicais. Os punks assumem que visual é importante, os góticos amam montar visual, o rock que começou de uma imagem (couro, jeans e camiseta) é o único que tem os adeptos que não assumem a importância do visual na subcultura.

Quem reclama é porque não viveu os anos 80 e 90 em que, mesmo sendo uma garota, não se tinha nada que vestir, apenas camisetas de banda! As referencias de roupas internacionais, nem chegavam aqui.
Eu recorria a customizações em camisetas masculinas, porque nem baby look de banda existia e aprendi a costurar pra fazer outras peças de roupas como as que eu via as gringas roqueiras usando.

Hoje, há um mercado de rock stores aqui no Brasil, muitas lojas agindo informalmente, fazendo cópias, roupas super estereotipadas, apenas pra adolescentes, esquecendo que rockeiros também envelhecem, mas é um começo. Basta ir em shows ou na galeria do rock e ver como garotos e garotas consomem esse tipo de roupas e acessórios cada vez mais.
Quanto mais popular o estilo e mais opções nos temos pra comprar e menos preconceito sofremos das pessoas normais.

Não se preocupem se as pessoas mais ordinárias  estão usando a moda rock, a moda vai passar um dia, o estilo, a atitude é o que importa e o que fica.
Se Rock é o seu estilo, viva e aproveite as opções que vão aparecer por aí, não se importe com os normais querendo ser poser e nem se importe se outros roqueiros conservadores vão te chamar de “vendida”.
Temos direito de nos vestir como quisermos e temos atitude. Não precisamos vestir o clichê do rock o tempo todo, podemos usar com muita esperteza elementos do rock em visual clássicos ou glamurosos também.
E quem ama o estilo rock sempre vai usá-lo e vai saber inteligentemente usufruir das tendências de moda quando lhe convier.

  • 7Blogger Comment
  • Google+ Comment
  • Facebook Comment
  • Disqus Comment

7 Comments

  1. A.D.O.R.E.I.!
    Mesmo assim, eu ainda tenho certo receio da popularização de um estilo que nasceu para ser 'under'. Mas o que importa não é apenas o estilo, sabe? Para ser 'under' a pessoa tem que conhecer o underground, e não apenas se vestir como se conhecesse; e ai estão minhas esperanças rs

    Como você disse, a moda passa...

    ResponderExcluir
  2. Muito legal este post! Eu lembro que quando eu tinha meus 13, 14 anos também era bem difícil achar roupas rockers voltadas para o público feminino, então eu ficava na calça e regatinha pretas mesmo!Sem falar que o preconceito era muito presente, o pessoal sempre olhava "feio" para mim!!!!

    Mesmo aqui em São Paulo, ainda hoje não há taaaantas lojas assim de moda alternativa, e justamente por não haver concorrência as roupas são bem caras,por isso eu também faço meus acessórios e estou aprendendo a costurar!

    ResponderExcluir
  3. realmente, é difícil impor uma moda entreos rockers, rockers preferem ter seu próprio estilo, sempre sonhei em ter um loja com acessórios, instrumentos entre outras coisas, mas acredito que não seria muito comercilizado na shitcity onde ou mora, então vai ser apenas mais um wastedream

    ResponderExcluir
  4. Gostei do post, não gostaria que o rock, virasse moda pois, por mais que nós "rockeiros", sairemos ganhando pois os preços diminuiram e talz, vai ser um estilo popular e o rock nasceu e viveu under, escondido, acho que um pouco da essência do rock está no fato de acharem estranho, anormal, e isso faz com que a gente possa olhar e dizer, eu fiz o que eu quis, e não o que o sistema mandou, então acho complicado, apesar de até hoje enfrentar o preconceito da minha própria familia, eu gosto do meu estilo, o ouço desde os 11 anos, sempre o adorei e espero sempre sentir esta mesma paixão!!!!

    ResponderExcluir
  5. A moda undergroud se mostrou tão forte e original que aos poucos vem sendo reconhecida, respeitada e até admirada.
    Todas as subculturas querem ser reconhecida, respeitadas e admiradas e agora que isso vem se concretizando, muitos não aceitam(?).
    Não vejo nenhum mal nos estilistas se inspirarem nos 'unders', mas sim uma maneira de mostrar aos preconceituosos que não somos rebeldes sem causa, loucos, adolescentes passado por uma fase, etc.
    Somos iguais a todos e fazemos questão de mostrar quem somos por meio de nossas vestimentas, atitudes, musica, arte, etc.

    ResponderExcluir
  6. Nossa! Adorei mesmo, muito bom!
    Sua ideia foi bem desenvolvida: preconceito existe em todo o lugar, dentro ou fora dos grupos. E só temos que fazer a escolha e usar o que nos convém, independente do que os outros, mas TODOS os outros - e não falo só dos considerados normais - vão pensar.
    Seu blog é ÓTIMO!

    ResponderExcluir
  7. Nossa, adorei esse post! Estou na faixa dos 30 e tantos e peguei essa época em que roupa de roqueiro era só camisa de banda masculina.

    Também sinto falta de roupas mais underground que não sejam o clichê "saia xadrez/camisa com caveirinha" e coisas afins. Me sinto completamente infantil com essas roupas e fico sem opções.

    Até o fato de morar no Rio, cidade de praia, faz com que não se veja muitas roupas de roqueiros pela rua.

    Gostaria que isso mudasse, que se fizessem roupas com apelo mais roqueiro, mas sem ser infantil e que pudessem ser usadas em cidades "balneário".

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar! As respostas serão dadas aqui mesmo, então não esquece de clicar no botão "notifique-me" pra ser informada.

comments powered by Disqus
Pin It button on image hover