.Moda de Subculturas - Moda e Cultura Alternativa.: Corset Popularizado, quase banalizado

29 de dezembro de 2009

Corset Popularizado, quase banalizado

Acho que não há mulher que não goste de corset e corselets! São peças super femininas e que valorizam nossas curvas.
Não gosto da forma que o corset (espartilho) era usado antigamente: pra fazer a mulher ficar sem poder se mexer; madame; com falta de ar; deformada; ilustrando as riquezas dos maridos como um bibelô e moldando o corpo como o macho gostava.

Mas eu gosto muito da forma sensata que estão sendo usados hoje, como peça de estilo ou pra dar uma leve afinada na cintura sem exageros.

Eu sempre gostei da peça, desde criança já desenhava looks com corsets. Nunca estiveram muito presente na moda desde a liberação das amarras do corpo feminino no começo do século XX, o que se via em editoriais até então eram corselets (peças com mesmo formato do corset, mas sem a finalidade de afinar a cintura, apenas usada como peça de estilo). O único lugar que os corset e corselets nunca saíram da moda, foi na Moda Underground.
Se vocês forem pesquisar livros sobre subculturas do século XX, eles estarão sempre lá, com os góticos, os fetichistas, punks... No Brasil, eu sempre vi corselets na Galeria do Rock, antes apenas nas lojas góticas, hoje, acho que toda loja da Galeria vende um corseletinho por mais simples que seja.

Já os corsets (espartilhos), a primeira vez que ouvi falar da confecção deles por aqui, foi em 2005, quando peguei um flyer - na verdade um cartão- da Madame Sher na Galeria do Rock. Fui pesquisar e foi nessa época que conheci o trabalho dela e pesquisando acabei conhecendo outras marcas como Madame Rouse, Black Cat, e etc. Hoje em dia há muitas outras marcas e pretendo fazer uma postagem mais completa sobre o assunto em breve.

Eu tenho notado que a busca por corset e corselets está intensa da parte feminina. Popularizou mesmo! Uma peça que antes era apenas restrita  e interessada ao público underground.

Tem meninas que não gostam da popularização, de ver o "povão" usando. Acho que todo mundo tem a liberdade de usar o que quer, dentro do seu estilo, sem se trair, seja uma pessoa alternativa, uma artista modista ou uma mulher do "povão". A moda passa, o estilo fica, assim já dizia Chanel na década de 20.

O que temos que ser contra é a banalização da peça. Acho que ainda não chegamos à esse ponto com o corset, mas podemos estar perto. Mas uma coisa que banalizou bem, pra vocês terem uma idéia do que eu quero dizer, foi o estilo Pin up! Puxa vida como banalizou. É estranho uma subcultura banalizada ao ponto que foi banalizado as Pin ups! Um estilo antes tão subcultural e pouco conhecido, agora sendo usado por todo tipo de gente que, de repente "virou" Pin up e que "sempre amaram o estilo, mas não sabiam o nome". Não gosto de banalização da estética das subculturas, acho um desrespeito com quem faz parte da subcultura e a  vive como um estilo de vida, não apenas usa as roupas. Usar as roupas como moda é uma coisa, viver a subcultura é outra.

Pra provar a popularização dos corset e corselets vou postar aqui um link da uol (que também saiu em outros sites), com um texto sem erros, mas bem tosquinho sobre o assunto. Mas reparem que o estilo do "editorial" é bem alternativo, o que me deixou incomodada foram algumas coisas escritas como nessa frase: "maquiagem forte e escura nos olhos, com delineador e cílios postiços são a marca deste estilo". Como assim? A pessoa que escreveu o texto tá ensinado a ser "alternativa"? Como que dizendo que pra usar um corset você precisa parecer alternativa? Peraí, isso é muito ridículo! Como se pra usar as peças você tiver que se montar de estilo alternativo. Ora cada um usa a peça como quiser, "ensinar" uma pessoa a usar corset seguindo um certo estilo de maquiagem e atitude, já é forçar demais! é um passo pra banalizar a estética alternativa.

É isso que não gosto em certas ignorâncias da moda: a mania que certas pessoas têm de fazer um estereótipo de uma subcultura. Normalmente são jornalistas ou pessoas que trabalham na área que nunca estudaram Moda de fato, nunca leram livros. Irritantes!

Para ver a matéria clique aqui ou copie e cole: http://estilo.uol.com.br/moda/album/corset_album.jhtm?abrefoto=26#fotoNav=46

Me diga o que vocês, meninas alternativas pensam sobre banalização.
  • 1Blogger Comment
  • Google+ Comment
  • Facebook Comment
  • Disqus Comment

1 Comment

  1. Só posso dizer uma coisa: irritante. Quando populariza já é um pouco incomodo para quem é da subcultura em questão ou que usa moda alternativa de verdade. Porque é engraçado você ver as pessoas odiando uma coisa, dizendo que é de todos os xingamentos conhecidos, aí só porque aparece na novela todo mundo acha lindo ¬¬
    Mas pior mesmo é quando banaliza, porque desrespeita as pessoas que segue a subcultura. Até mesmo quem só segue a moda, pois estas pessoas pesquisam, dão suor e lágrimas para não fazer algo errado.

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar! As respostas serão dadas aqui mesmo, então não esquece de clicar no botão "notifique-me" pra ser informada.

comments powered by Disqus
Pin It button on image hover