.Moda de Subculturas - Moda e Cultura Alternativa.: Estilo: Daphne Guinness

5 de agosto de 2011

Estilo: Daphne Guinness

"A verdadeira beleza sempre possui algo de estranho. 
Às vezes os defeitos são as partes mais bonitas
Daphne Guinness

A Honorável Daphne Guinness Suzannah Diana Joan, tem 44 anos, é filha de um Barão irlandês e é herdeira da famosa cervejaria Guinness. Nos anos 80 casou-se com Spyros Niarchos, filho de um bilionário grego e teve três filhos. Separou-se e atualmente está com com o intelectual filósofo francês Bernard-Henri Lévy. Devido à sua estreita relação com a moda - ela coleciona roupas, mais especificamente as da alta-costura e seu fascínio por armaduras - virou musa de muitos estilistas e fotógrafos.

Daphne atrai por sua timidez e exêntricidade. Sua aparência exala a opulência de um esplendor gótico, com um toque de bruxa malévola acentuada pelo cabelo preto com mechas loiras. Mesmo sendo riquíssima, ela criou seu próprio estilo, individual, original e ainda assim com classe e elegância. Ela explica que cresceu em uma colônia de artistas perto de Barcelona com Salvador Dali e o surrealismo ao redor. As pessoas usavam roupas de gala no café da manhã e isso a fez criar uma obsessão estranha pelas "armaduras" que as pessoas vestem para a sociedade.

Estilo egípcio:
Maquiagem, colar, cabelo à lá noiva de Frankenstein e lentes azuis.

Essa imaginação e inteligência de Daphne, assim como sua paixão pela moda como uma expressão pessoal, a tornaram uma espécie de mulher-conceito. Quando pensamos nos quatro valores da moda: expressão, individualidade, visão e identidade, ela é o resumo de cada um. Com uma voz bonita e poderosa, ela diz: "Eu acho interessante a idéia de podermos transformar a nós mesmos." Ela diz ter um eclético gosto musical: “Escuto coisas dos anos 1960 – Jimi Hendrix, The Doors, The Rolling Stones, The Beatles e Johnny Cash. Mas o que adoro é Handel, Mozart, Wagner, Scriabin e Chopin. Gosto de escutar ópera durante todo o dia”. 

Pose de múmia na Bienal de Veneza:
 

Glamurosamente morta em um leilão em que "vendeu sua morte" para arrecadar fundos à uma instituição que cuida de criançascom AIDS na África e Índia.


Devido à seu fascínio por armaduras,  em 2006 ela pediu à Shaun Leane para criar uma luva de ouro e diamantes chamada "Contra Mundum" ou "Contra o Mundo" (Against The World), a jóia artesanal, um objeto de arte, levou cinco anos para ficar pronta. A peça foi apresentada ao mundo em uma  vernissage com Daphne Guinnesse se fingindo de morta de uma forma mágica e assombrosa. Foi pedido aos convidados que velassem o seu corpo em uma cena fascinante, misteriosa e ao mesmo tempo macabra.


Numa sociedade onde as pessoas pensam e agem cada vez mais iguais, destaca-se quem tem idéias originais, que desafiam pensamentos e que tenham a individualidade como legado.
  • 10Blogger Comment
  • Google+ Comment
  • Facebook Comment
  • Disqus Comment

10 Comments

  1. gente que lindaaaaaaaaaaaaaa muito styleeee não conhecia!!
    bjsss

    ResponderExcluir
  2. Adorei o estilo dela...bem diferente das madames que tem por ai! rs

    ResponderExcluir
  3. Concordo com a frase de Guiness.

    E que belas jóias artesanais!!

    ResponderExcluir
  4. Além de linda tem bom gosto...
    Adorei o estilo dela!
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Adorei essa luva, só achei um exagero ter demorado 5 anos pra ficar pronta, ja trabalhei com ourivesaria e uma luva dessas, mesmo com a quantidade de detalhes, não levaria nem 6 meses de trabalho :P

    ResponderExcluir
  6. @Sander: Entendi que a luva foi feita toda à mão. Isso faria diferença no tempo do trabalho?

    E também acho que eles contam 5 anos desde o momento da concepção e desenvolvimento da idéia.

    ResponderExcluir
  7. Sana, o mais demorado nessa luva seria a malha, que apesar de ser algo simples, é muito cansativo devido a repetição sem fim mas não justificaria os 5 anos. Deve ter sido desde que teve a ideia mesmo, deve ter tido muitos designs rejeitados pela cliente tambem até chegar no final :P

    ResponderExcluir
  8. Nossa ela é bem exótica mesmo...achei ela bem estilo "bruxa enigmática".kkk!
    Essa de ser velada foi demais...isso que é aproveitar o próprio velório né!kkkk!
    A luva é linda e bem feminina, adorei!
    bjs e paz!
    http://guerradosmundosleka.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. @Sander: hmmm certo! Então deve ter sido o tempo de desenvolver a idéia mesmo. ^^


    @Leka: hahaahha!! Verdade!! Isso que é aproveitar o próprio velório! =D

    ResponderExcluir
  10. Eu a adoro, o estilo e atitude dela são perfeitos! Musa inspiradora de verdade!

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar! As respostas serão dadas aqui mesmo, então não esquece de clicar no botão "notifique-me" pra ser informada.

comments powered by Disqus

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover